Clique e assine com até 75% de desconto

Madonna e outros famosos internacionais se manifestam contra Bolsonaro

A cantora aderiu à campanha #EleNão nessa sexta-feira (28).

Por Júlia Warken Atualizado em 16 jan 2020, 08h34 - Publicado em 28 set 2018, 12h58

Madonna acaba de entrar para a lista das celebridades internacionais que já se manifestaram contra Jair Bolsonaro nas redes sociais. Através do Instagram Stories, ela postou uma foto em que aparece com um uma fita adesiva na boca e nela se lê a palavra freedom (liberdade em inglês). A imagem também traz as hashtags #EleNão e #endfacism (acabe com o fascismo).

Confira aqui quem são os os famosos gringos que aderiram à campanha contra o candidato do PSL:

Madonna

@madonna/Instagram

Ellen Page

“Eu entrevistei o Jair Bolsonaro para o Gaycation Brazil. Ele é um homem perigoso, homofóbico, racista e misógino e atualmente está liderando a corrida presidencial no Brasil. Uma citação homofóbica vinda diretamente dele: ‘prefiro que meu filho morra num acidente do que ver ele com um cara de bigode”, escreveu ela no post.

View this post on Instagram

I interviewed #jairbolsonaro for Gaycation Brazil. He’s a dangerous, homophobic, racist and misogynistic man who currently is leading the presidential race in Brazil. Direct homophobic quote “Prefer that my son dies in an accident than show up with some dude with a mustache.” Join the voices of people coming together in Brazil to say #elenao #neverhim. I’m sending love and support to those in Brazil resisting this madness. Gaycation is available on @hulu if you are interested in checking out our episode in Brazil. #elenao #brazil

A post shared by @ ellenpage on

Cher

Ela retuitou um post da página Cher Brasil que fala sobre Bolsonaro. “Infelizmente o Brasil está encarando seu próprio Trump. Um candidato homofóbico e racista está liderando as pesquisas”, diz a publicação.

Twitter/Reprodução

Dua Lipa

“E eu achava que o Trump era ruim. ‘Ele disse que preferia ter um filho morto do que gay. E, em frente a câmeras de TV, ele disse a uma deputada que não a estupraria porque ela era feia’. O Brasil está flertando com o retorno de dias sombrios”, escreveu Dua Lipa junto ao link de uma matéria do New York Times

https://twitter.com/DUALIPA/status/1043123892523429888

Dan Reynolds

O vocalista da banda Imagine Dragons compartilhou a mesma matéria e escreveu: “Isso não representa o Brasil que eu conheço e amo”.

Continua após a publicidade

Nicole Scherzinger

“#elenão #elenunca Para todos os meus fãs no Brasil: eu estou mandando muito amor. Lutem pela igualdade, pelo respeito e pelo amor. Façam questão de VOTAR nas próximas eleições presidenciais para que vocês sejam ouvidos”, postou a ex-líder do Pussycat Dolls

Stephen Fry

Anos atrás o ator britânico entrevistou Jair Bolsonaro a respeito da homofobia no Brasil. Ele conta que foi um dos encontros mais estranhos e perturbadores de sua vida.

Black Eyed Peas

Em sua conta no Twitter, a banda havia feito o seguinte post: “BRASIL, estamos com vocês nessa luta! Muito amor, diversidade e respeito #ELENÃO #BIGLOVE”. A mensagem acabou sendo apagada.

Continua após a publicidade
Publicidade