CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

Chris Brown, o ex violento de Rihanna, é acusado de estupro e vai preso

Um amigo dele e um guarda costas também estão detidos, pois os três foram acusados de estupro pela mesma mulher.

Por Júlia Warken Atualizado em 16 jan 2020, 02h05 - Publicado em 22 jan 2019, 14h09

Chris Brown foi preso nessa segunda-feira (21), em Paris, após ser acusado de estupro. De acordo com o jornal Le Parisien, a queixa foi prestada por uma mulher de 24 anos e o crime teria acontecido no dia 15 de janeiro. 

Segundo o relato dela, os dois se conheceram em uma festa na capital francesa e Brown convidou a jovem e outras mulheres para irem ao quarto de hotel dele. O estupro teria sido cometido não apenas pelo cantor, mas também por um amigo dele e um guarda-costas. Os três estão presos.

Essa não é a primeira vez que Chris Brown é denunciado e detido por agredir mulheres. Em 2009, Rihanna o acusou por espancamento e mostrou fotos de seu rosto desfigurado. Em 2016, ele foi detido por ameaçar uma mulher com uma arma. Na época, pagou fiança de 250 mil dólares e foi liberado.

Já no ano de 2017, o cantor foi processado por incentivar e facilitar o estupro de uma mulher em sua casa, durante uma festa. Em julho de 2018, ele foi preso na Flórida e liberado depois de uma hora. A causa da prisão não foi revelada. 

Continua após a publicidade
Publicidade