Casos de atrizes novas demais para interpretar mães nas telas

Produções em que as atrizes possuem quase a mesma idade de seus filhos fictícios é algo comum. Porém, essa situação não deveria ser vista com normalidade

É comum vermos atrizes que, quando interpretam mães no cinema e nas novelas, aparentam ser novas demais comparadas aos seus filhos da trama. Não é só na aparência: elas de fato são. Casos como o de Angelina Jolie no filme Alexandre, O Grande (2005)  são um grande exemplo: a estrela hollywoodiana era apenas 11 meses mais velha que o ator Colin Farrell, que interpretou o protagonista, sendo filho de Jolie no filme. Mesmo tendo quase a mesma idade que o ator, a atriz foi escalada para ser a mãe do personagem de Colin.

Além de Jolie, diversos casos ocorrem no cinema e na TV – inclusive na televisão brasileira. A questão é: por que não contratar artistas mais velhas que de fato tenham idade para ser mãe do ator/da atriz em questão?

Infelizmente, atrizes de televisão e cinema costumam ter ‘data de validade’ para atuar, e muitas vezes são escaladas mulheres jovens no lugar de artistas com idade equivalente a das personagens. É claro que faz parte do trabalho interpretar papeis de diversas idades. Os atores homens, no entanto, não costumam ser submetidos a essa ‘validade’ e continuam no posto de galã por mais de quatro décadas.

 

Relembre alguns casos em que as atrizes eram novas demais para ser mãe dos atores que interpretaram seus filhos:

Amy Poehler

Em Meninas Malvadas (2007), a atriz Amy Poehler, 46 anos, interpretou a mãe de Rachel McAdams, 38 anos. A diferença de idade entre as duas era de apenas oito anos! Além disso, a comediante teve seu primeiro filho, Archibald William Emerson Arnett, apenas no ano seguinte.

 (Amy, Dia Dipasupil; Rachel, Brian de Rivera Simon/Getty Images)


Winona Ryder

Quando interpretou a mãe de Spock na nova versão da franquia Star Trek (2010), a atriz Winona Ryder, 45 anos, tinha 37 anos. A idade da artista não seria um problema se ela não fosse apenas cinco anos mais velha que o ator que interpretou o comandante da Entreprise, Zachary Quinto, 40 anos.

 (Winona, Kevin Mazur; Zachary, Phillip Faraone/Getty Images)


Giovanna Antonelli

Na novela Salve Jorge (2012/2013), Giovanna Antonelli, 41 anos, vivia a advogada Helô, que era mãe de Drika, personagem interpretado por Mariana Rios, 32 anos. A diferença entre elas é de 9 anos!

 (Giovanna, João Miguel Júnior; Mariana, Raquel Cunha/Rede Globo)


Ana Paula Arósio

Em Ciranda de Pedra, novela exibida pela Rede Globo em 2008, Ana Paula Arósio, 42 anos, interpretava Laura, uma mulher que vivia em um relacionamento cheio de problemas com o dominador Natércio (Daniel Dantas). As filhas do casal eram Bruna, Otávia e Virgínia, cujos papeis cabiam a Anna Sophia Folch, 32 anos, Ariela Massotti, 32 anos, e Tammy Di Calafiori, 28 anos, respectivamente. Ana Paula não tinha idade para ser mãe de nenhuma delas!

 (Georgeana Godinho/Rede Globo)


Ana Beatriz Nogueira

Na novela Em Família (2014), transmitida pela Rede Globo, a personagem de Ana Beatriz, Selma, era mãe do personagem Laerte, interpretado pelo ator Gabriel Braga Nunes. Não haveria problema nesse parentesco, se Ana não fosse apenas 5 anos mais velha que Gabriel.

 (Folha de S. Paulo/Reprodução)


Natália do Vale

Julia Lemmertz e Natália do Vale são outro caso da novela Em Família. Julia interpretou uma das Helenas de Manoel Carlos, personagem – interpretada por Bruna Marquezine na segunda fase da novela – que seria filha de Chica, interpretada por Natália. Entretanto, em 2014, elas tinham 50 e 60 anos, respectivamente. Esse fato chamou tanta atenção, que se tornou um dos principais assuntos dos internautas na época.

 (Veja São Paulo/Reprodução)