“Acho que o Túlio consegue tirar o melhor de mim”, diz Fátima Bernardes

Apresentadora conta como foi o início de namoro e dá detalhes exclusivos sobre sua nova vida

“Na primeira vez em que vi Túlio, dançamos forró. Mas não percebi que ele recitou um cordel para mim”, conta a jornalista Fátima Bernardes. Ela está muito à vontade, com os pés descalços sobre o sofá da bela casa onde vive, em um condomínio na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Não tem pressa (a conversa se estende por mais de duas horas), revela detalhes de um amor que emociona não só seus seguidores e fãs como as pessoas que enxergam no romance o retrato da mulher que desfruta uma paixão e as novas descobertas após o divórcio. O casamento dela não foi simplesmente longevo (26 anos!) mas uma relação que virou símbolo do Jornal Nacional durante os 14 anos em que Fátima dividiu a bancada do telejornal com William Bonner. Isso é passado. Seu coração, seus desejos e suas intenções encontram-se no agora. E essa história é uma inspiração enorme para quem se sente só.

Fátima serve um café à repórter, comentando que será bom para espantar o sono. Não demonstra sinal algum de cansaço, embora tenha virado a noite atenta a tudo, na poltrona do avião que tomou em Miami ­– ela tem medo de voar e quase não fechou os olhos nas oito horas de viagem. Desembarcando com o namorado pernambucano Túlio Gadêlha no Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, seguiu para o centro da cidade para acompanhá-lo em um compromisso. Ele é advogado e político filiado ao PDT. Há sete meses, um está na vida do outro em momentos importantes, sem, porém, roubar a cena ou disputar o protagonismo. Túlio foi a Miami prestigiá-la na festa em que recebeu o prêmio Lifetime Achievement, no Brazilian International Press Awards pelos 30 anos de carreira na TV. E ela está pronta para o que há de vir.

Leia mais: William Bonner deixa Renata Vasconcellos constrangida no Jornal Nacional

Formado pela Universidade Católica de Pernambuco, Túlio não quer exercer a advocacia. Vice-presidente da Fundação Leonel Brizola-Alberto ­Pasqualini, concorrerá a uma vaga na Câmara dos Deputados nas eleições de outubro, que devem ser tensas. Em 2014, não se elegeu. Em 2012, para vereador, também não. Terceiro dos quatro filhos de um casal de funcionários públicos aposentados, Túlio dá aulas no Programa Rumo à Universidade, que prepara alunos de escolas públicas para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). De centro-esquerda, criticou as Organizações Globo e é contra o governo Temer. Fátima se esquiva do campo minado da polêmica. “Nunca me coloquei politicamente por causa do meu trabalho. Jamais farei isso, e ele sabe. Mas alguém como eu, que fala todo dia ao microfone que é preciso aceitar posições diversas, respeitar a opinião do outro, não pode ver problemas nisso.”

Túlio tem 30 anos – 25 menos que ela, que completou 55 em setembro –, mora em Recife e pega um voo de duas horas e meia até a capital fluminense para vê-la em um fim de semana. No outro, a namorada faz a rota inversa. Decidiram passar o Dia dos Namorados no Rio, porque cai numa terça-feira e a apresentadora vai comandar mais um Encontro com Fátima Bernardes, seu programa matinal diário que este mês comemora seis anos e se mantém líder de audiência no horário. “O que eu sei é que estaremos juntos”, garante. “Apesar da distância, da diferença de idade, a gente está naquela fase da paixão, em que quer ficar perto e um basta para o outro.”

Leia mais: 33 receitas para uma festa junina deliciosa

Fátima veste: vestido, Maria Filó

Fátima veste: vestido, Maria Filó (Maurício Nahas/CLAUDIA)

Machismo, não!

Para parte do público do programa e dos 6 milhões de seguidores da jornalista no Instagram, o namoro, iniciado em 2 de novembro, é o motivo das mudanças que ela encarna. Está bonita, alegre, radiante. Também é verdade que a sua rotina em nada lembra a agenda contida e mais reclusa que ficou para trás. As redes sociais dela (ou dele) mostram com bom humor fotos de Fátima pulando Carnaval, em shows pela madrugada carioca, fazendo trilhas, aprendendo passos de frevo na terra do namorado. Tem beijos quentes e trocas de carinho; declarações apaixonadas de Túlio. Mas ele não é o responsável pela nova vida de Fátima. A apresentadora considera essa linha de raciocínio machista e ultrapassada. “A conclusão do público de que eu estava bem só surgiu com a presença de uma figura masculina. Isso tem de ser trabalhado”, diz à repórter. “É verdade que eu fiquei muito mais feliz, mas é importante contar que consegui enxergar outra pessoa quando comecei a ficar melhor comigo mesma. Primeiro é preciso estar bem com a gente.” Em uma entrevista à Folha de S.Paulo, Túlio desdenha do papo-furado, do mito do príncipe encantado que desperta a virgem. “Eu já encontrei ela assim, desse jeito. Realizada profissionalmente e pessoalmente. Acho que há um pouco de machismo ao atribuir só a mim o momento atual dela.”

Leia mais: Fotógrafo renomado é acusado de assédio e estupro

Foi Fátima quem, ao se permitir viver o inesperado, abriu espaço para Túlio. Começou assim: ela foi convidada por Duda Martins, produtora do programa, para um sarau. Estava numa fase de não sair muito. “Fiquei no dilema se ia ou não. Mas a Duda tem um grupo de teatro em Pernambuco, gosta de dança como eu, então acabei indo à casa dela. Túlio estava lá”, lembra. Era 7 de maio de 2017. Dançaram forró e não se viram mais. Pelo FaceTime, voltaram a se falar na comemoração do aniversário da apresentadora (17 de setembro), num bar no Jardim Botânico. “Não ia ter nada. Estava desanimada para festas, mas o pessoal do Encontro sugeriu irmos para um barzinho; cada um pagaria a sua conta. De repente, me chega a Duda com o celular. Era Túlio do outro lado, e ela dizendo: ‘Dá os parabéns para Fátima’. Ele falou comigo, agradeci e pronto. A música ao vivo não deixava ouvir direito.” Uma semana depois, os dois se reencontraram na capital paulista. A jornalista ia assistir ao espetáculo Cantando na Chuva, com Claudia Raia e Jarbas Homem de Mello. Chamou várias amigas e ninguém podia ir ao teatro. Ela considera outro empurrãozinho do cupido. “Duda perguntou por que eu não convidava o Túlio, que estava em São Paulo. Respondi: ‘Ah, então passa o meu WhatsApp para ele. Vê se ele gosta de musical’. Eu não tinha nenhuma pretensão, mas ali, pela primeira vez, senti que havia algo diferente no ar.”

Os 40 dias seguintes transcorreram com conversa. Pelo celular. Tocando a vida normalmente, nesse período a apresentadora fez um cruzeiro pela Itália, Espanha e França com uma amiga. Em 2 de novembro, envolvidíssimos, decidiram pagar para ver. Nada mais prosaico. A dupla marcou um filminho à tarde no Shopping da Gávea. Enquanto na tela rolava Depois Daquela Montanha, para Túlio só havia Fátima. “O primeiro beijo foi, sim, no escurinho do cinema”, ela revela, sorrindo. O que não previa era o flagra de um paparazzo. A imagem dos dois de mãos dadas se espalhou na hora. Fátima não esconderia o namoro, mas não imaginava tanto barulho nas redes sociais. “Meus pais (Eunice, 78, e Amâncio, 81) levaram um susto! Acho que minha mãe ficou com a sensação de que eu já estava namorando e não havia tido coragem de contar. Naquela foto, parecíamos ter uma intimidade que ainda não existia. Mas tudo bem, não sou de ficar sofrendo. Até brinquei com o Túlio: ‘Olha, estamos em todas as páginas, hein’.”

Leia mais: 30 receitas para um almoço de última hora

Fátima veste: macacão, Diane von Furstenberg

Fátima veste: macacão, Diane von Furstenberg (Maurício Nahas/CLAUDIA)

A gata amarra o Batman

Tornaram-se inseparáveis. Pouco antes do Carnaval, as redes sociais bombavam com tantas postagens, e a foto que parou a web foi a de Túlio fantasiado de Batman, ajoelhado na frente da musa, arrebatado. Simulavam uma cena em que o advogado se deixa amarrar por ela, a mulher-gato curvilínea. “Causei”, admite ela. Muitos, boquiabertos, perguntaram: “Mas é a Fátima?!”. A apresentadora comenta com a repórter que o papa veste pijama. “A gente nunca viu, né? Ele não aparece na Praça São Pedro assim, mas usa para dormir. Eu não tinha como apresentar o Jornal Nacional com trajes de Carnaval. Mas num baile à fantasia é pertinente.” Escolheu o modelo pela máscara. “Provei uma de Mulher-Maravilha. Sem máscara, ficaria muito exposta. A mulher-gato tem peruca, espartilho, chicote. Depois pensei: ‘Nossa, ficou sensual’.” A pose de dominadora foi ideia de Túlio. “Ele é brincalhão!”, diz Fátima, que também saiu em um cordão tradicional pelas ladeiras de Olinda (PE) e se esbaldou no Bloco Cacique de Ramos, que a homenageou, no Rio. Espremeu a agenda e conseguiu até cobrir a transmissão do Carnaval na Globo.

Criada no Méier, subúrbio carioca, a jornalista sempre gostou da folia e se surpreendeu quando manifestaram estranhamento com sua presença nas festas de Momo. “Frequentava as matinês dos clubes e ia com meus pais ver a montagem dos desfiles porque não tínhamos dinheiro para o ingresso. Curti o Carnaval a juventude toda. Só que não fazia isso há muito tempo!” A justificativa recai nos filhos. “Com crianças pequenas, fiquei muito em função delas. Hoje estão com 21 anos, centrados, tocando bem a faculdade (Vinicius cursa engenharia de controle de automação; Beatriz estuda design e comunicação visual; e Laura, psicologia). Agora importa o que quero. Estou tomando as rédeas da vida de novo.”

Leia mais: A única bolsa que Meghan Markle usa agora que é da realeza

 (Reprodução/Instagram)

Batman, arrebatado, se entrega à mulher-gato. A sequência de fotos fez barulho nas redes sociais.

Batman, arrebatado, se entrega à mulher-gato. A sequência de fotos fez barulho nas redes sociais. (Reprodução/Instagram)

A reação dos filhos

Um pouco rouca por causa de um resfriado que insistia em não ir embora, Fátima interrompe a conversa e pede água a uma das funcionárias. O que mais se vê na casa são registros dela e dos trigêmeos. Muitos retratos de quando eram crianças. Alguns ficam em cima do piano de cauda, no fundo da sala ampla de decoração clean, pontuada por uma chaise longue. Ela usava uma blusa de algodão e uma calça bem confortável. Bebe calmamente o copo d’água e retoma a conversa. “Meus filhos estudaram na Escola Suíço-Brasileira. Lá, tiveram aula de flauta, coral e piano. Vinicius trocou pelo violão. As meninas pararam por falta de tempo. Beatriz tem vontade de voltar e frequenta aulas de canto.” E o que os filhos comentaram sobre o namoro? “Assim que encontrei Túlio, falei com eles e contei que a gente tinha sido apresentado por uma amiga do trabalho. A resposta que ouvi: ‘Ué, mãe, é natural que você conheça alguém’. Eles são muito tranquilos. Realmente, William e eu fizemos um bom trabalho”, afirma, orgulhosa.

Divórcio, o cabo das tormentas

A residência é a mesma em que Fátima e o ex-marido viveram. Em agosto de 2016, o famoso casal do telejornalismo brasileiro anunciou que a união havia chegado ao fim. Ele foi o primeiro a aparecer com um novo amor, a fisioterapeuta Natasha Dantas, no ano passado. Fátima não nega que viveu a dor e o luto da separação e sabe, agora, que seu recomeço tem empoderado muitas mulheres. O ânimo da jornalista cresce. “Olha, eu não tinha muita ideia disso. Ouvia mulheres dizerem que se inspiravam em mim quando eu estava casada e, depois, ao encarar o tratamento para engravidar. Mas, com o novo relacionamento, as pessoas que estão no mesmo ponto que eu, com filhos crescidos, perceberam que a vida delas não tende para o fim. Existe esperança após o Cabo das Tormentas que é um divórcio. Hoje, várias mulheres me falam: ‘Ah, para mim ainda não chegou a luz do fim do túnel, continuo muito confusa. Mas vejo que pode ser possível porque deu certo com você.’ Eu repito sempre que, para que as coisas aconteçam, a mulher tem que querer, se permitir. Acho que as pessoas se animam quando veem que eu agi assim, investi em um namoro que tem uma série de dificuldades ou diferenças, mas é muito bom. E talvez também percebam que dá para ser um pouco mais flexível nas expectativas que fazem de um relacionamento.”

Leia mais: Kate Middleton pode herdar título que foi de Lady Di

A apresentadora se casou pela primeira vez no final dos anos 1980, aos 25 anos, na igreja messiânica que frequentava no Grajaú, Zona Norte carioca. O noivo era um engenheiro que ela prefere manter no anonimato. Durou um ano. Em 1989, conheceu William e, no ano seguinte, passaram a morar juntos. Só oficializaram a união cinco anos depois, numa cerimônia civil realizada no apartamento onde moravam, na Barra. Não é raro surgir a pergunta sobre casar-se pela terceira vez. “Não, não penso nisso! A gente só tem sete meses de namoro”, enfatiza. “Sinceramente? Queremos aproveitar o momento.” A outra indagação que dirigem a um par feliz se refere a filhos. “Nós nos bastamos”, afirma. “Conheço tantos casais com essa configuração­ ­– ela mais velha que ele – que se ajeitaram. Há várias formas de maternidade, de paternidade. O que cabe entre nós é algo impressionantemente verdadeiro, sincero, afetuoso, carinhoso, lindo, que eu não imaginava viver. Mas aconteceu. Como saber se, quando ele quiser filhos, ainda estará interessado em mim, e eu nele?”, diz. “Se começar a ter esse tipo de pensamento, vou estragar uma coisa que está ótima. Sem cobranças!”, responde. “Quando a gente casa, não pensa que vai envelhecer ao lado do marido? E a vida não nos leva para outros caminhos? Por que vou sofrer com isso agora? A gente perde muito tempo planejando e pouco tempo vivendo. Eu já tinha posto um lema para mim: vou curtir o meu momento. É um compromisso que tenho comigo mesma.”

Fátima veste: vestido, Kika Simonsen; brincos, Sara Joias

Fátima veste: vestido, Kika Simonsen; brincos, Sara Joias (Maurício Nahas/CLAUDIA)

A personal trainer chega. Passa a esperar Fátima, que, sim, ainda pretende malhar. A apresentadora detesta se exercitar na esteira. Em fevereiro, porém, topou correr no Parque do Ibirapuera, em São Paulo. “Fomos caminhar, mas, aí, Túlio me desafiou: ‘Vamos dar uma corridinha?’. Tudo bem, eu ia e parava. É preciso experimentar coisas novas.” Formada em balé, Fátima sempre se manteve ativa. Mas andava incomodada com os 64,7 quilos. “Era o peso que atingi na gravidez”, comenta. Em maio, foi ao endocrinologista que a atendeu no fim da licença-maternidade, quando precisou perder peso. Além disso, encarou uma turma de jazz mais adiantada que a sua, intensificando o treino. “Fui colocando metas para mim”, afirma. Juntou ao plano a dieta das notas em que cada alimento recebe uma pontuação. Até setembro, havia perdido 2 quilos. No fim do ano, comemorava ter se livrado de mais 5.

Leia mais: Na contramão dos cinemas, Netflix investe em filmes de comédia romântica

Está feliz com seu corpo. “E nunca fiz plástica”, garante. O namorado a elogia. “Qualquer mulher gosta de ouvir que está bonita, né? Mas ele diz também que sou sabida”, conta, rindo. Quando a repórter pergunta sobre o que ele fez para conquistá-la, devolve: “O que mais me encantou no Túlio foi a capacidade dele de ouvir. De me ouvir. Ele se interessa de verdade pelas pessoas. Acho que consegue tirar o melhor de mim. A gente ri bastante também… Sim, ele é um homem muito bonito, e isso é fácil perceber, né?”, suspira. Sabem o professor Sergio Marquina (Álvaro Morte), da série La Casa de Papel? Muitos cutucam Fátima para apontar a semelhança com o namorado. “Não aguento maiiis todo mundo falar que são parecidos. Ora, o Túlio é bem mais bonito.” O casal tem seus momentos de preguiça, de brigar pelo controle remoto da TV. Eles gostam de séries e, mesmo longe um do outro, só veem os episódios juntos. “A gente dá play na mesma hora. Já fazíamos isso antes de o namoro começar”, explica.

Haters não incomodam

“Tem uma minoria barulhenta nas redes sociais que fala: ‘Ah, mas ele podia ser seu filho’. E daí? Ele não é!”, sentencia. “E não vou deixar que isso afete a minha relação. Se alguém faz alguma insinuação de que ele está comigo porque sou famosa, não me incomoda.” Fátima afirma não ter nenhuma dúvida da verdade desse amor. “Fico triste por essas pessoas, porque terão dificuldade de encontrar a felicidade com esse tipo de pensamento.” E analisa a situação inversa: “Também seria ruim, poderiam dizer que estaria querendo me aproveitar dele porque é bonito, jovem. Mas é sempre o contrário – o domínio e a ação permanecem na mão do homem. E eu, como uma tola, estaria mergulhada, sem perceber absolutamente nada, sendo iludida, cega. Por isso não levo a sério. Não vou viver num mundo paralelo. A minha vida é concreta e real”. Longe dos haters, a apresentadora recebe uma chuva de mensagens carinhosas. No programa, convidados valorizam a nova fase. “Dizem que Túlio e eu passamos verdade, simplicidade”, afirma. A plateia vibra. “Acho que é porque a gente nunca faz uma coisa elaborada. É sempre algo que qualquer um pode, tipo ir ao cinema, ao parque. Isso aproxima, cria identificação. Se eu fosse vista entrando num jatinho ou iate, não daria tanta liga com as pessoas, porque a vida não é assim.”

Leia mais: Entenda por que Meghan Markle usa sapatos maiores que o número dela

Sexo e encantamento

“Não há nada mais instigante e provocador do que ficar com uma pessoa que tem projetos e objetivos. Alguém interessante desperta curiosidade. Sexo não depende de idade, mas de admiração. E da alegria de viver do outro, que contagia. Aí o resto flui naturalmente”, diz. “Imagino que, se estivesse sozinha e visse um casal como eu e o Túlio, ficaria motivada (risos). Mas há pessoas que têm limitação de afeto. Aí, se bloqueiam e não conseguem.” A repórter quer saber se ela tem medo de a relação com Túlio não dar certo e acabar. Fátima abre um sorrisão que desconcerta. “Se terminar, terminou. Quando falam que o meu casamento com o William deu errado, discordo. Correu tudo bem, foram 26 anos! Esse parâmetro tem de mudar. Dar certo é estar casada por muito tempo e infeliz, um aturando o outro? Ou dar certo é estar sorrindo, fazendo a mala alegremente, aprendendo com o parceiro e ele com você? Isso é vivo, dá vontade de continuar. Para mim, a relação com Túlio já deu muito certo.”

 

Edição de moda: Fabio Ishimoto (Capa IMG) • Styling: Cuca Ellias (OD MGT) • Produção de moda: Jaqueline Cimadon • Assistentes de fotos: Charles Willy e Fabian Alvarez • Beleza: Ton Reis • Assistente de beleza: Marcela Borges • Tratamento de imagens: Fujocka Creative Images • Agradecimentos a Grand Mercure Riocentro

Veja mais: Sapatos com cores vibrantes para dar um toque de alegria ao visual

Siga CLAUDIA no Instagram!