Na contramão dos cinemas, Netflix investe em filmes de comédia romântica

Apaixonados por filmes de amor não precisam mais sofrer! A plataforma de streaming tem lançado filmes do gênero apesar de eles estarem em baixa nas telonas

Qual é a sua comédia romântica favorita de todos os tempos? É bem provável que ela tenha sido lançada há mais de cinco anos. Afinal, de lá pra cá, os enredos com enfoque principal no amor se tornaram cada vez mais raros nas telonas.

Segundo uma matéria do G1 publicada em abril de 2017, o gênero teve seu ápice em 2001, quando as comédias românticas que entraram na lista dos 50 filmes com maiores bilheterias embolsaram 1,1 bilhões de dólares. Em 1996, 2006 e 2011, esse ganho foi parecido, girando em torno de cerca de 650 milhões de dólares. Porém, em 2016, o faturamento das produções de romance caiu para 212 milhões de dólares. Com bilheteria baixa, o investimento nos longas de amor também diminuiu.

No entanto, parece que essa escassez teve efeito inverso na Netflix. Só no último ano, 80 milhões de assinantes ao redor do mundo assistiram a uma história de amor na plataforma, representando quase dois terços de toda a audiência global do serviço. Com isso, a Netflix tem lançado os seus próprios filmes românticos – além de disponibilizar em seu catálogo romances clássicos do cinema como sempre fez.

“É simples: queremos fazer mais do que nossos membros gostam de assistir. E percebemos que nossos assinantes ao redor do mundo estão vendo muitas comédias românticas”, diz Matt Brodlie, diretor de Original Films da Netflix, sobre a empresa estar indo na contramão dos estúdios de cinema. Lançado em maio, o longa A Barraca do Beijo, sobre adolescente Elle (Joey King) que se apaixona pelo irmão mais velho do seu melhor amigo, prova o quanto o gênero ainda é muito querido pelo público.

A Netflix não divulga a audiência de seus conteúdos originais. A justificativa é que – como o serviço não depende de publicidade para se manter e, sim, de seus assinantes – esses números são apenas de interesse interno. Mas é só fazer uma pesquisa rápida para se ter uma noção do sucesso do filme. O trailer de A Barraca do Beijo teve 12 milhões de visualizações no YouTube e é o oitavo vídeo mais assistido no canal global da plataforma – ficando atrás apenas de conteúdos das séries Stranger Things, Narcos, Fuller House e 13 Reasons Why.

Além disso, desde que o longa ficou disponível, há pouco mais de um mês, a protagonista Joey King ganhou mais de quatro milhões de seguidores no Instagram – um crescimento bastante acelerado para um perfil pequeno como era o dela. De acordo com a Netflix, do total de assinantes que assistiram ao filme, um em cada três viram A Barraca do Beijo mais de uma vez.

O lançamento mais recente na categoria é O Plano Imperfeito, disponível desde 15 de junho. Além de um enredo divertido sobre duas pessoas que trabalham no mesmo prédio e bolam um plano para unir romanticamente seus chefes, o filme conta com atrizes já conhecidas pelo público. A protagonista Zoey Deutch é a atual queridinha dos raros romances lançados recentemente. Antes Que eu Vá (2017) e Tinha Que Ser Ele? (2016) são alguns dos longas estrelados por ela, que também viveu o par romântico de Zac Efron em Tirando o Atraso. Já a sua chefe é interpretada por ninguém menos que Lucy Liu, a eterna Alex de As Panteras.

Agora os fãs de comédia romântica precisam torcer para que o investimento da Netflix na categoria realmente traga retornos positivos e, assim, títulos inéditos continuem entrando no serviço. Afinal, por mais que a gente adore rever os nossos filmes de amor favoritos, já estava ficando cansativo precisar recorrer sempre aos mesmos romances enquanto saboreávamos uma panela de brigadeiro debaixo das cobertas. Quem sabe os outros estúdios não acabam se inspirando na plataforma e voltam a apostar em longas de amor outra vez? Pelos dados da Netflix, muita gente ficaria feliz.

Outros títulos

Ficou animada para se jogar em uma maratona histórias de amor inéditas na Netflix? Aqui estão alguns títulos originais que podem lhe agradar:

O serviço está tão na pegada do romance que criou a campanha ‘Inverno de Conchinha’ na Netflix

O serviço está tão na pegada do romance que criou a campanha ‘Inverno de Conchinha’ na Netflix (Divulgação/Netflix)

Alex Strangelove 

Alex Truelove está tentando perder sua virgindade. Mas as coisas ficam complicadas quando ele conhece Elliot, um charmoso rapaz gay do outro lado da cidade.

Ibiza: Tudo pelo DJ 

Uma jovem americana e suas duas melhores amigas procuram um DJ na Espanha.

Perfeita pra Você

Melhores amigos desde a infância e prestes a se casarem, os dois veem suas vidas desmoronarem quando ela é diagnosticada com câncer. Abbie tenta, então, encontrar um novo amor para Sam.  

Para Todos os Garotos que Já Amei (estreia em 17 de agosto)

As cartas de amor secretas de uma adolescente são expostas e fazem da sua vida amorosa um caos.

Sierra Burgess é uma Loser (estreia em 7 de setembro) 

Uma adolescente geek deve ser unir à garota mais popular da escola para conquistar seu amor.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s