Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

22 músicas essenciais sobre como ser mulher é incomparável

Não importa se na frente do espelho, no chuveiro ou no trânsito. Essas músicas são hinos da afirmação feminina e têm muito charme e carisma!

Por Redação M de Mulher - Atualizado em 15 jan 2020, 22h46 - Publicado em 8 mar 2019, 14h50

Fala sério, ser mulher é incomparável. E para reafirmar isso, não faltam canções interpretadas por mulheres poderosíssimas. De Beyoncé a Christina Aguilera, de Carly Rae Jepsen a Daniela Mercury e Spice Girls

Abaixo, confira a nossa playlist com essas músicas especiais.

1. Beyoncé – Grown Woman

A Beyoncé sozinha já poderia preencher uma lista toda de músicas sobre mulheres poderosas. Mas mais do que dizer das suas conquistas de Queen B, ela também sabe dizer quando é hora de dizer que virou gente grande. Da próxima vez que você se sentir culpada por ter comido a sobremesa antes do almoço ou receber algum julgamento sem sentido de outra pessoa, repita com a Beyoncé: “já sou grandinha, posso fazer o que quiser”.

2. Rita Lee – Agora Só Falta Você

Sabe quando você está cansada de ouvir o que uma mulher tem que agir de forma determinada? Um belo dia Rita Lee resolveu levar a vida do jeito que ela queria e ainda convidou todo mundo para ir junto neste caminho de liberdade.

3. Katy Perry – Roar

Tem dia que ser mulher não é fácil. A própria Katy Perry já duvidou de si mesma e se colocou em segundo plano. Mas ela deu a volta por cima e descobriu a tigresa que existe dentro de si. Uma metáfora meio cafona, mas meio bonita sobre o poder que toda mulher guarda.

Veja mais: Não precisa me dar flores nesse 8 de março

4. No Doubt – Just A Girl

Quando se ouve algum desaforo, cada mulher pode responder de alguma forma. É com muita ironia e uma música animada que a Gwen Stefani resolveu mostrar o absurdo que é tentar fragilizar as mulheres. Essa é para cantar toda vez que alguém considerar você uma louca por não precisar ser protegida nenhum homem.

5. India Arie – Video

“Às vezes eu depilo a perna, às vezes não”. A India Arie às vezes se arruma, às vezes não e resolveu cantar isso para toda mulherada se libertar da cobrança de estar sempre impecável. Ela aprendeu a se amar mesmo não parecendo uma supermodelo e fala com toda a confiança que é uma rainha (quem vai duvidar dela?).

Veja mais: “Antes, ser mulher era sequer uma possibilidade. Hoje, é poder ser livre”

6. Tulipa Ruiz – Desinibida

Sabe a mulher que é criticada porque fala as coisas na lata e faz o que bem entender? Então, a Tulipa Ruiz vê beleza na desinibida que é extrovertida, faz sexo casual e pula Carnaval – e, acima de tudo, tem uma vida leve.

7. Cyndi Lauper – Girls Just Wanna Have Fun

Um clássico feminino, quase o tubinho preto da afirmação feminina. Há mais de três décadas Cyndi Lauper desvendou o que as garotas querem: se divertir. Não é à toa que a música virou o hino das mulheres que gostam de ver o sol raiar. Deixa a gente se divertir!

Veja mais: As conquistas femininas mais marcantes deste século

8. Shania Twain – Man! I Feel Like a Woman

Outra cantora que criou um clássico sobre a habilidade feminina de se divertir foi Shania Twain. E deixando bem claro que não precisa de romance, a gente só veio para dançar. Sem culpa.

9. Mallu Magalhães – Velha e Louca

Pode falar que a Mallu Magalhães não liga, porque ela não está nem aí mesmo. A cantora parou de se importar com o que dizem dela, dispensa conselhos e só quer saber de manter o sorriso. Ficar velha e louca parece uma boa opção – ainda mais de batom vermelho.

Veja mais: “Ser mulher é não se calar, não aceitar, não permitir que te diminuam”

10. Carly Rae Jepsen – Call Me Maybe

Goste ou não dela, não dá para negar que “Call Me Maybe” enterrou de vez a ideia de que o flerte é privilégio dos homens e deu a coragem necessária para que várias mulheres fossem atrás dos seus próprios sonhos, ops, paqueras. Me liga, sei lá, de repente, vamos sair.

11. Peggy Lee – I’m A Woman

Gravada em 1963, “I’m A Woman” exalta os múltiplos talentos das mulheres. Peggy Lee se gaba de conseguir passar uma dúzia de camisas antes de você contar de um a nove, mas não pense que ela é apenas uma Amélia: suas capacidades também incluem sair para dançar até as 4h da manhã e transformar moleques em homens.

Continua após a publicidade

https://www.youtube.com/watch?v=GhkwRBGZEN4

Veja mais: 20 mulheres brasileiras que fizeram história

12. Chaka Khan – I’m Every Woman

Se é para falar de uma mulher capaz de tudo, a Chaka Khan é todas elas. Ela diz que não está se gabando, mas é capaz até de ler pensamentos. Vai dizer que você não conhece muita mulher que sabe fazer de tudo também?

13. Madonna – Express Yourself

Fazer ótimas músicas pop, colocar em voga a sexualidade das mulheres, fazer posições difíceis de yoga. Acrescente à lista de talentos de Madonna o clássico “Express Yourself”, que pregava que as mulheres deveriam expressar suas vontades e exigir um ótimo tratamento dos homens. Vamos todas nos expressar.

14. Daniela Mercury – Alma Feminina

Ela é a cor da cidade e também guerreira. A baiana mostra que tem orgulho de ser quem ela é, e que sua força e alegria vem da “alma de mulher”.

Veja mais: 11 mentiras batidas sobre feminismo que precisam parar de ser repetidas

15. Spice Girls – Wannabe

O que as rainhas do girl power realmente querem é zig-a-zig-ah e alguém que se dê bem com as amigas delas. O lema aqui é amigas antes dos namorados. #womanpower

16. Destiny’s Child – Independent Women Part 1

Jogue os bracinhos para cima se você também se orgulha de ter alcançado a independência financeira. As Destiny’s Child não mentem, é um objetivo difícil, mas também é maravilhoso não depender de ninguém.

Veja mais: Como o feminismo já mudou o mundo

17. Pato Fu – O filho predileto de Rajneesh

Você sabe que a mulher tem um apetite sexual dez vezes maior que o seu? Quem conta é a Fernanda Takai, que nesta música do Pato Fu ainda afirma que a mulher “sempre faz mais que você”.

18. Christina Aguilera part. Lil’ Kim – Can’t Hold Us Down

Tem sinceridade de sobra nesta música que não só reforça o poder feminino como critica sem dó a desigualdade de gênero. Christina e Lil’ Kim prometem te ajudar na luta contra um mundo em que as mulheres ganham “má fama” por expressar suas opiniões e ter uma vida sexual.

Veja mais: Coletivos de mulheres para conhecer e fazer parte

19. Elba Ramalho – Mulher

“É um risco tentar resumir mulher”, canta Elba, mas até que ela fez um bom trabalho. A música faz uma homenagem à sensibilidade e ao poder do sexo feminino.

20. Janelle Monáe part. Erykah Badu – Q.U.E.E.N.

Nesta grandiosa música sobre a liberdade feminina, Janelle e Erykah mostram que, por mais que o mundo diga o contrário, não há problema nenhum em explorar sua sexualidade (ou usar a roupa que você quer, ou dançar na frente do espelho).

Veja mais: 15 frases inspiradoras de celebridades que não têm medo do feminismo

21. Lorde – Royals

O “melô da garota comum”, “Royals” é uma música para quem gosta de sonhar em ser rainha, mas sabe que os momentos com os amigos valem muito mais que o luxo.

22. Alicia Keys – Girl On Fire

Uma garota linda, poderosa e bem sucedida, que ninguém pode parar. É assim que Alicia Keys define todas as mulheres que são elas mesmas.

Continua após a publicidade
Publicidade