Clique e assine com até 75% de desconto

Hair Love, animação que fala sobre cabelo afro, vence o Oscar 2020

O curta-metragem era um dos únicos indicados que possui negros no elenco e produção.

Por Colaborou: Maria Clara Serpa Atualizado em 17 fev 2020, 10h21 - Publicado em 13 jan 2020, 16h31

Em um Oscar com pouquíssima representatividade, uma das únicas produções que não era composta majoritariamente por homens brancos, seja no elenco ou produção, era a animação “Hair Love“, que venceu a categoria de Melhor curta-metragem de animação. Para receber o prêmio, subiram ao palco Matthew Cherry e e Karen Rupert Toliver, codiretores do filme. “Fizemos esse filme porque queríamos ter mais representatividade nas animações e normalizar o cabelo afro”, disse Karen durante seu discurso.

“Quando fizemos a campanha no Kickstarter em 2017, não tinha muita diversidade nas animações. Aí encontrei vários vídeos de pais arrumando o cabelo de suas filhas, e tinha uma alegria inerente nisso.”, continuou Cherry. “Nosso maior desafio foi manter essa alegria que atraía as pessoas a esses vídeos para começo de conversa. Estar aqui, fazendo isso com cabelo negro e famílias negras, é literalmente um sonho. E nunca imaginei em milhões de anos que ganharíamos um Oscar por isso”, finalizou.

Matthew Cherry e Karen Rupert Toliver na cerimônia do Oscar Amy Sussman/Getty Images

O filme, lançado online pela Sony Pictures Animation em dezembro, é estrelado por uma família negra e conta a história de um pai que tenta arrumar os cabelos crespos da filha. Mesmo desajeitado, ele não desiste da missão e assiste a tutoriais para poder arrumar Zuri. Ao longo dos quase 7 minutos de duração, o curta envolve o espectador em um enredo que fala sobre aceitação, autoconfiança, e amor.

Continua após a publicidade

Além do roteiro representativo, “Hair Love” serviu como base para um livro de mesmo nome, escrito por Matthew Cherry, que também é ex-jogador de futebol americano. Depois de criar o enredo do filme, ele apresentou a ideia no site Kickstarter, uma plataforma de crowdfunding, onde conseguiu 300 mil dólares para o produção, o maior arrecadamento para uma animação até hoje.

Matthew A. Cherry Matthew Cherry/Instagram

No elenco, “Hair Love” conta com Issa Rae, que dubla a mãe, a única personagem que fala durante o filme. A atriz é a criadora da serie “Insecure”, da HBO, que mostra a vida e as dificuldades enfrentadas por uma mulher negra nos dias de hoje. Issa também foi a escolhida para apresentar os candidatos ao Oscar ao lado do ator sul-coreano John Cho em janeiro. Durante os anúncios, ela demonstrou insatisfação ao anunciar que não havia nenhuma mulher entre os indicados a Melhor Diretor. “Parabéns a esses homens”, disse ela. 

Assista ao curta-metragem completo abaixo:

Leia mais: 5 makes direto do Critic’s Choice Awards para copiar já

+ Democracia em Vertigem representa o Brasil no Oscar 2020

Continua após a publicidade
Publicidade