Clique e Assine CLAUDIA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Conheça o livro que inspirou a trama da novela ‘Bom Sucesso’

"A morte é um dia que vale a pena viver", de Ana Claudia Quintana Arantes, fala com transparência sobre a relação entre vida e morte.

Por Fernando Gomes
Atualizado em 15 jan 2020, 11h53 - Publicado em 7 ago 2019, 16h46

A morte é um dia que vale a pena viver” é o nome da famosa obra da médica Ana Claudia Quintana Arantes, que inspirou ‘Bom Sucesso‘, folhetim das 19h com Grazi Massafera e Antônio Fagundes.

O livro foi lançado em 2017 e aborda paradigmas e reflexões acerca de um tema que ainda é bem complicado, apesar de estar presente na vida de todos nós: a morte. Ana Claudia é pós-graduada em psicologia e especialista em cuidados paliativos. Para aqueles que não são familiarizados com esse termo: trata-se de um método eficaz para confortar e amenizar o sofrimentos de pacientes que estão em fase terminal.

Capa de "A morte é um dia que vale a pena viver"
(Editora Sextante/Divulgação)

Criação de Rosane Svartman e Paulo Halm, ‘Bom Sucesso’ gira em torno de dois personagens que se conhecem a partir de um erro do laboratório em que ambos fizeram exames. Os resultados foram trocados e, com isso, Paloma (Grazi) passa a achar que tem poucos meses de vida por causa de uma leucemia. Em contrapartida, Alberto (Fagundes) acredita que sua saúde está perfeita – mas é ele quem está gravemente doente.

No ar desde o dia 29 de julho, a novela já mostrou o momento em que os protagonistas descobrem a verdade – e agora começa a debater os paradoxos entre a vida e a morte. Com isso, veremos o processo de acompanhamento de uma pessoa em estágio terminal – e o livro de Ana Claudia é usado como material de referência pelos roteiristas.

Continua após a publicidade

Conhecida por uma palestra marcante que fez em 2013 – na qual dissertava sobre o paliativismo, que ainda é visto como tabu – a médica esclarece pormenores do trabalho que realiza com pacientes em estado terminal e faz uma pensata sobre a necessidade de bons cuidados para quem está prestes a morrer.

O fato é que mesmo na situação em que pacientes terminais se encontram, é imprescindível que haja um atendimento humano e que supra a dor em qualquer dimensão.

Infelizmente, não são todos os hospitais que conseguem arcar com os atendimentos paliativos. Duas instituições especializadas no tema são a Casa do Cuidar, da qual Ana Claudia faz parte, e a Associação Nacional de Cuidados Paliativos.

Assista aqui a inspiradora palestra de Ana Claudia Quintana Arantes, que nos faz refletir sobre a morte e sobre os cuidados paliativos:

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de 14,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.