Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

‘A Bela e a Adormecida’: em adaptação, princesa é acordada com beijo de Branca de Neve

Neil Gaiman e Chris Riddell adaptam o conto de fada e a ilustração, transformando Aurora e Branca de Neve em um casal

Por Caio Delcolli (colaborador) - Atualizado em 21 jan 2020, 17h54 - Publicado em 15 out 2015, 09h16

No livro infantojuvenil A Bela e a Adormecida, Aurora, a protagonista não é resgatada por um príncipe – quem a acorda do sono com um beijo é Branca de Neve. A nova releitura dos clássicos contos de fadas foi escrita pelo mestre da fantasia Neil Gaiman e desenhada por Chris Riddell, ilustrador de livros infantis e cartunista do jornal The Observer.

Nesta nova versão, uma jovem rainha prestes a se casar parte em uma jornada, na companhia de três anões, até um reino distante em que, segundo boatos, uma princesa enfeitiçada dorme o sono eterno.

Divulgação
Divulgação

Em entrevista ao Telegraph, o escritor disse: “Não tenho paciência com histórias em que mulheres são resgatadas por homens. Você não precisa ser salvo por um príncipe”.

Gaiman é conhecido por roteirizar a história em quadrinhos Sandman nas décadas de 1980 e 1990, além de ter escrito bestsellers como O Oceano no Fim do Caminho (2013), O Livro do Cemitério (2008) e Deuses Americanos (2001).

Riddell tem extenso trabalho como ilustrador e é conhecido pela trilogia Otolina no Mar (2010), Otolina na Escola (2008) e Otolina e a Gata Amarela (2007), por exemplo.

A Bela e a Adormecida chega às lojas pela Rocco Jovens Leitores em 7 de novembro, custando R$ 49,50. A tradução é de Renata Pettengil.

Esta matéria foi originalmente publicada no Brasil Post.

Continua após a publicidade
Publicidade