Assine CLAUDIA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Rodrigo Cintra

Cabeleireiro há 27 anos, é um dos profissionais mais respeitados na área da beleza. Está há 15 anos na TV, sendo 11 deles como co-apresentador do programa Esquadrão da Moda (SBT). Também já comandou o reality Guerra das Tesouras. Foi eleito por diversas vezes como o melhor cabeleireiro do Brasil.
Continua após publicidade

Quer alisar os fios? Saiba quais são os procedimentos mais saudáveis

Entenda também os cuidados com a compatibilidade e os mitos sobre o alisamento

Por Da Redação
Atualizado em 30 jul 2021, 15h37 - Publicado em 30 jul 2021, 10h47

Atualmente, muitas mulheres têm se jogado na transição capilar para trazer os cachos de volta. Porém, ainda há um grande público que ama o liso e não o larga de jeito nenhum! Seja pela praticidade ou gosto pessoal. Com isso, a busca por escovas progressivas e relaxamentos continua em alta. Pensando nisso, fiz um “dossiê” do alisamento com as dúvidas mais recorrentes no salão. 

Bio Lacase

O ativo é uma base ácida extraída do cogumelo Trametes Versicolor que faz o cabelo “amolecer” por dentro. Por isso, você consegue determinar a forma final dele, se quer liso, usamos prancha. Mas se quer ondas, fazemos uma escova.

Detalhe: ele é diferente da amônia, guanidina e hidróxido de sódio, pois é compatível com a química da descoloração e coloração.

Como é considerado um tratamento, a aplicação é realizada em todo o cabelo, pode ser até mensalmente, mas varia de acordo com a necessidade do fio. No entanto, é preciso pranchar mais a raiz virgem do que as pontas. Isso evita o ressecamento das pontas por excesso de temperatura.

Amônia, guanidina e hidróxido de sódio 

São três tipos de alisamento que usam princípios ativos diferentes. Geralmente são indicados para cabelos crespos ou muito resistentes ao alisamento. Eles não apresentam cheiro e são bem eficientes, mas não permitem que a mulher passe por uma descoloração. Ou seja, com estes ativos você precisa escolher se quer alisar ou mudar a cor.

Se por algum motivo você fizer os dois, as chances de quebra e queda dos fios são altíssimas. O retoque da raiz pode ser feito em até quatro meses. 

Continua após a publicidade

Formol

É um ativo que cria uma película em torno do cabelo, que fica liso por fora, mas danificado por dentro. É como se fosse uma maçã do amor, que tem aquela cobertura de açúcar resistente por fora.

Você não consegue adicionar nada. Mesma coisa com o formol, você não consegue repor água ou nutrientes, nem máscara capilar pode trazer benefícios.

Além disso, ele é fácil de identificar pelo cheiro forte, que acaba irritando os olhos e a garganta. Vale ressaltar que o uso deste produto é proibido no Brasil. 

“Botox”

Essa terminologia vem da toxina botulínica aplicada no rosto, que paralisa o músculo e deixa a pele lisa. Mas ela não é indicada para uso capilar. Quando alguém falar “botox”, significa que está usando um outro ativo para alisar os seus fios. Vale descobrir qual é esse ativo e se ele é compatível. 

Mitos dos alisamentos

Eu já ouvi: “Rodrigo Cintra, posso usar maisena para alisar os fios? E mel? E abacate?” Esqueça. Eles não alisam e só porque são naturais não significam que não vão fazer mal, ainda mais se combinados com misturinhas que encontramos pela internet. 

Continua após a publicidade

Não alise em casa!

Há vários produtos no mercado que garantem a praticidade na hora de alisar o cabelo e até sugerem que você faça em casa. Porém, eu sempre recomendo que você consulte seu cabeleireiro.

Motivo: ele vai conseguir avaliar o estado dos seus fios e pode sugerir até tratamentos antes e pós alisamento. Vai garantir ainda que seus fios não vão quebrar nem cair pelos  procedimentos. E evitar que você perca dinheiro com algo que não funciona ou ainda gastar com consultas e remédios caso surja uma alergia ou outro problema (quebra ou queda).

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 12,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.