CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS
Denise Steiner Por DERMATOLOGIA A médica Denise Steiner é dermatologista, ex-presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia e doutora pela Unicamp

Nádegas em boa forma: os tratamentos para os glúteos

Bioestimuladores e ultrassom microfocado são opções de tratamentos para a região glútea

Por Denise Steiner 19 jul 2022, 09h24

A região glútea tem musculatura importante que, juntamente com as pernas, nos sustentam, integrada com as articulações e também a pele. Essa musculatura pode ser mais ou menos importante, recoberta por quantidades variáveis de gordura e pele. As mulheres costumam acumular mais gordura nas nádegas, sendo que a somatória da genética, músculo, gordura e pele determinam o formato.

É importante lembrar que, com o passar do tempo, a pele fica mais flácida, em especial após a menopausa. A musculatura se mantém melhor ou pior conforme o hábito de exercícios de cada pessoa. Além disso, também é frequente a ocorrência de lipodistrofia ginóide, também conhecida como celulite, que é mais frequente nas mulheres, principalmente pela característica dos septos do corpo feminino.

A lipodistrofia ginóide é uma alteração multifatorial com repercussões de hipertrofia do adipócito, modificações vasculares, retração dos septos, levando a uma aparência alterada, com irregularidades e depressões profundas.

Hoje, há tratamentos eficazes e seguros para melhorar a lipodistrofia ginóide e também a flacidez da região glútea. Um dos tratamentos mais simples e com ótimo custo/benefício é a subcisão, que preconiza a entrada de agulhas especiais com movimentos pendulares que rompem os septos e melhoram a retração cutânea.

A flacidez pode ser melhorada com os bioestimuladores, tanto o ácido polilático como a hidroxiapatita de cálcioPode ser feito um trabalho tanto de volumização, melhora do contorno e tratamento da área com celulite. Em geral, são usados de dois a quatro frascos por lado do ácido polilático, como dois a quatro de hidroxiapatita de cálcio. Quanto maior o volume e correções, maior a quantidade de frascos. O produto pode ser aplicado com agulhas e cânulas.

O tratamento com bioestimuladores também pode ser precedido do ultrassom microfocado, que melhora a flacidez pelo estímulo de calor. Os tratamentos são seguros, desde que feitos pelo médico especialista que domine o conhecimento anatômico e também da reologia dos produtos utilizados. São feitas uma a três sessões com intervalo mensal com ótimos resultados.

Pode haver um pouco de dor por cerca de dois dias. Os hematomas também são frequentes e desaparecem em dez dias. O estilo de vida adequado com boa alimentação, exercícios regulares, sono reparador e controle do estresse é fundamental para obter os melhores resultados.

Cuide-se. 

Continua após a publicidade

Publicidade