Assine CLAUDIA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Ana Claudia Paixão

A jornalista Ana Claudia Paixão (@anaclaudia.paixao21) fala de filmes, séries e histórias de Hollywood
Continua após publicidade

A força de Catherine Oxenberg contra a seita NXIVM

A luta da atriz para salvar a filha India foi determinante para acabar com o esquema de escravidão e exploração sexual da NXIVM

Por Ana Claudia Paixão
14 out 2020, 13h36

Para quem cresceu nos anos 1980, o rosto de Catherine Oxenberg ficou marcado por sua participação na série novelesca, Dynasty (Dinastia). De sangue nobre (é prima de segundo grau do príncipe Charles) e de beleza inegável, Catherine virou um exemplo de determinação e empenho por Justiça. Isso porque ela foi incansável em salvar sua filha, India, do envolvimento na seita NXIVM.

Foi vitoriosa e hoje é essencial no processo contra os líderes do culto. Sua experiência foi retratada na série The Vow, exibida na HBO, que cobriu todos os esforços dos ex-membros não apenas de salvar as vítimas como também para punir os responsáveis.

Catherine é filha da princesa Elizabeth, da Iugoslávia, e do americano Howard Oxenberg. Nascida nos Estados Unidos, mas criada na Inglaterra, ela estreou na carreira de atriz justamente interpretando a ex-mulher de seu primo Charles, a princesa Diana, em um filme feito para TV, em 1992.

Virou notícia quando se casou com um dos maiores produtores de Hollywood, Robert Evans, mas a união só durou nove dias e foi anulada. Depois se casou com o ator Casper Van Dien, com quem teve duas filhas, e estrelou um reality show exibido nos Estados Unidos (I Married with a Princess). Sua primogênita, India Riven Oxenberg, nasceu de um relacionamento com o contrabandista e traficante condenado, William Weitz Shaffer. Após a separação de Casper, em 2015, Catherine foi apresentada a Keith Raniere, líder do “programa de sucesso executivo” NXIVM. Empolgada com a proposta de evolução pessoal, e sem identificar que era na verdade uma seita, Catherine envolveu India nas atividades. Assim começou o pesadelo de mãe.

Continua após a publicidade

Catherine se afastou do culto, mas India se recusou a desistir. A atriz tentou de tudo, mas o contato entre mãe e filha foi praticamente cortado. Assim, ela foi para a imprensa denunciar as atividades suspeitas da NXIVM e escreveu o best-seller Captive: A Mother’s Crusade to Save Her Daughter from a Terrifying Cult. A campanha liderada por Catherine é a base do impressionante documentário da HBO, que foi dirigido por Jehane Noujaim e Karim Amer.

Catherine conseguiu salvar India. Em The Vow, há um momento em que a atriz tem que escolher entre denunciar a seita para o FBI, colocando em risco a própria filha. “Prefiro minha filha presa do que nas mãos das pessoas desse culto”, desabafa chorando. “Se India tivesse me escutado e saído comigo, em 2017, nós teríamos saído de braços dados, mas Keith Raniere ainda estaria livre, marcando e explorando mulheres sexualmente. Foi apenas porque ela se recusou que mudei minha estratégia. Se não poderia tirá-la, eu tinha que destruir toda a organização”, Catherine disse à Variety.

O reencontro das duas não foi registrado em The Vow por uma decisão pessoal de Catherine. Segundo a atriz, diante da lavagem cerebral pela qual a filha tinha passado e a desconfiança que ainda tinha, ela não poderia manter as câmeras por perto. A reconciliação não pôde ser pública.

Se The Vow é sobre a luta de Catherine, a história de India agora será contada no Starz, com o documentário Seduced: Inside the NXIVM Cult. A série tem quatro capítulos e estará disponível no dia 15 de novembro no Brasil, também através do serviço de streaming Starzplay.

Continua após a publicidade

Para quem acompanhou The Vow, dentro da seita foi criado um grupo que se dizia formado para empoderar mulheres, o DOS. Na verdade, era um projeto de escravidão e exploração sexual. As participantes eram marcadas na pele com ferro de cauterização com as iniciais de Keith Raniere e da atriz, Allison Mack (atualmente presa). Allison era a “mestre” de India e a explorava. A nova série traz o depoimento em primeira pessoa de India, que fala da sedução, da doutrinação, da escravidão e da fuga da seita.

Catherine e India foram cruciais para levar Keith Raniere e suas cúmplices à prisão. Ele tem sua sentença marcada para o dia 27 de outubro e pode ser condenado à prisão perpétua. Uma das herdeiras da Seagram, Clare Bronfman, que investiu milhões na seita, foi a primeira das líderes da NXIVM a ser condenada. Sua sentença é de um pouco menos de sete anos atrás das grades.

A força de Catherine de reconhecer seus erros e lutar para corrigi-los é uma das qualidades de The Vow. Seduced: Inside the NXIVM Cult será a continuação essencial para entender o grande perigo em muitos dos cursos de autoajuda, que deturpam ensinamentos e se aproveitam da vulnerabilidade de pessoas.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 12,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.