Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

11 dicas simples para organizar o seu guarda-roupa na troca de estação

Está na hora guardas as blusas de lã, casacos e cobertores e pendurar as saias, shorts e vestidinhos. Vamos dar aquela arrumada no armário?

Por Nathalia Giannetti - Atualizado em 15 jan 2020, 09h49 - Publicado em 17 set 2019, 15h48

Estamos nos despedindo do inverno e, agora que a temperatura deve subir de vez, a dica é rearranjar o guarda-roupa e trocar os casacos pelos vestidos. A mudança de estação é uma boa hora pra fazer essa arrumação, que deixa a vida mais prática e ainda te ajuda a se livrar do que não usa mais.

Confira estas dicas de especialistas:

1. Organize por categorias

A parte mais difícil é começar. “O importante é que exista uma ordem, um critério a ser seguido. Por isso a necessidade de fazer uma categorização e também de deixar tudo à vista”, comenta a personal organizer Carol Rosa.

Você pode planejar e ir por partes ou tirar tudo do armário e arrumar de uma vez só. Fazer aos poucos é ideal para quem não tem muito tempo ou sente que irá perder o ânimo ao ver que tem tanta coisa para guardar. Já quem se arrisca a tirar tudo do armário tem uma vantagem: uma visão melhor de tudo que tem e um replanejamento, distribuindo os espaços de forma mais prática.

Continua após a publicidade

2. Decida o que vai e o que fica

“Vale a pena na troca de estação dar uma olhada se aqueles itens que você manteve dentro do seu guarda-roupa ainda representam quem você é, os hábitos e objetivos”, diz a personal organizer Nalini Grinkraut. 

Se você não usou aquele casaco durante esse inverno inteiro que passou, não compensa mantê-lo apenas para ocupar espaço, não é? Pense em doá-lo.

E vale olhar para os vestidos, saias, shorts e regatas que passaram o inverno guardados: ainda gosto de tudo e vou usar? Mantenha as peças que tiver certeza que valem a pena.

3. Mande o que precisa para a lavanderia

As peças de verão que ficaram com cheirinho de guardado podem precisar de uma lavagem. Assim como as peças mais pesadas de inverno que foram muito usadas e passarão os próximos meses dentro do armário – é bom guardar tudo bem seco e limpinho. Conforme explica Nalini, isso ajuda a evitar mofo ou que alguma mancha recente que passou despercebida se torne permanente.

Continua após a publicidade

Aproveite o clima seco e coloque a lavanderia em ordem. 

4. Peças de frio vão para prateleiras mais altas ou gavetas mais baixas

Está na hora de rever a distribuição das roupas pensando na praticidade do seu dia a dia. Peças que serão menos usadas nos próximos meses, como as blusas de frio, devem ir para aquelas prateleiras que ficam na parte de cima do armário, para as gavetas inferiores ou para qualquer local que você não alcança com facilidade.

5. Reserve um espaço para os cobertores e edredons

Pode ser no nicho lá do alto, no maleiro ou em gavetas. Lembre-se de reservar uma boa área para armazenar o enxoval de frio. Se não houver muito espaço, apele para os sacos a vácuo, que otimizam muito a organização.

6. Pendure os casacos em posição menos acessível

Não tem problema manter os casacos pendurados nos cabides, até porque eles ocupariam muito espaço se fossem dobrados. A dica é colocá-los em uma posição menos acessível, como nos cantos do guarda-roupa. Se precisar reduzir o volume, use os organizadores a vácuo com ganchos.

Continua após a publicidade

7.  Deixe algumas peças de frio à mão

Não confie no tempo, que anda instável… É possível que na primavera e no verão a gente enfrente alguns dias de frio. Pense nisso e deixe algumas peças quentes com fácil acesso.

8. Pendure os tecidos finos

Vestidos levinhos, saias fresquinhas, roupas de tecidos mais finos vão sair do armário. E como essas peças costumam amassar com facilidade, evite dobrá-las, prefira pendurá-las.

Mas a especialista Carol Rosa alerta: “Não adianta pendurar tudo se não houver espaço, de forma que um cabide fique enganchando no outro. O tecido vai amassar e pode até danificar. O ideal é manter um dedo de distância entre um cabide e outro”. 

9. Separe as peças de calor das de frio usando organizadores

Para otimizar o armário e te ajudar a categorizar as roupas, lance mão de organizadores. “Principalmente quando você tem um espaço sem limite, com muitas prateleiras. Nesses casos, facilita muito colocar uma caixa, criando limites e endereços definidos“, explica Nalini Grinkraut.

Continua após a publicidade

Os organizadores podem te ajudar a separar as peças de frio das de calor dentro de gavetas, deixando as camisetas de manga comprida em uma divisória e as regatas em outra, por exemplo.

10. Arrume os sapatos também

Se você tem uma sapateira, coloque as sandálias e os sapatinhos nos andares mais acessíveis e tire as botas de vista. Se faltar espaço, uma boa dica é comprar caixas transparentes para guardar os calçados de frio embaixo da cama.

Como você pode passar meses sem usar essas peças, pode ser indicado um antimofo.

11. Mantenha a organização

Para manter tudo em ordem, é preciso criar hábitos:

  • Sempre devolva os itens para o lugar deles: usou, devolveu no lugar certinho.
  • Guarde apenas as peças que usa – se o armário estiver lotado, é mais difícil mantê-lo em ordem.
  • Deixe o maior número possível de peças à vista. Isso te ajuda na hora procurar alguma coisa para vestir e evita que você bagunce tudo.
Publicidade