CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS
Rodrigo Cintra Cabeleireiro há 27 anos, é um dos profissionais mais respeitados na área da beleza. Está há 15 anos na TV, sendo 11 deles como co-apresentador do programa Esquadrão da Moda (SBT). Também já comandou o reality Guerra das Tesouras. Foi eleito por diversas vezes como o melhor cabeleireiro do Brasil.

Cintra, vou colorir o que cabelo. O que devo fazer?

O procedimento pode deixar os fios mais ressecados, fragilizados e propensos à queda, confira algumas dicas para que isso não aconteça

Por Rodrigo Cintra Atualizado em 17 set 2021, 17h31 - Publicado em 17 set 2021, 17h13

Se você está planejando tingir os fios, saiba que é preciso uma preparação. Os cuidados pré-coloração são essenciais para garantir que eles fiquem saudáveis e essa condição vai influenciar diretamente no resultado, da fixação à durabilidade da nova cor.

Veja também: Cabelo ressecado? Rodrigo Cintra dá dicas para umectar os fios em casa

Por isso, fiz um dossiê para você que está pretendendo tingir as madeixas. Vem ver!

Antes:

  • Faça uma avaliação

Não espere o dia da coloração chegar para ir ao salão de beleza. O ideal é realizar uma avaliação semanas antes da mudança, assim o profissional consegue elaborar um diagnóstico capilar por completo e identificar quais tratamentos serão necessários para preparar suas madeixas.

  • Invista em tratamentos

Tratar no salão e em casa, ainda mais se o cabelo está danificado. Quando a coloração é aplicada em um cabelo não saudável, você lava e a água penetra na cutícula, retirando o pigmento aos pouquinhos e acelerando o desbotamento. Para que isso não aconteça, faça um cronograma com hidratação, nutrição e reconstrução, assim você vai evitar que ele fique ressecado após o tingimento e ainda vai manter a cor por mais tempo.

Mãos com luvas rosas preparando tinta para pintar o cabelo
O hairstylist elenca dicas para ter sucesso na hora de pintar as madeixas |Edgardo Contreras/Getty Images
  • Realize o teste de mechas

É uma etapa muito importante e você saberá se é possível atingir a sua expectativa. O teste também serve para evitar surpresas desagradáveis, pois quando realizado é possível identificar como a fibra ficará após a coloração. Também identifica possíveis alergias com as tintas.

  • Aposte em etapas

Nada de querer sair do loiro claríssimo para o preto azulado. Independentemente da saúde dos seus cabelos, uma mudança radical pode ser muito prejudicial e causar estranhamento. O ideal é que as mudanças sejam planejadas e executadas com calma, para que você possa se acostumar com elas e para que os fios possam ter um período para se recuperarem.

Continua após a publicidade
  • Opte por coloração sem amônia

Ela deposita o pigmento apenas na parte superficial dos fios e danifica menos em comparação à coloração tradicional. Além disso, é uma alternativa para quem realiza outros procedimentos químicos, como, por exemplo, alisamentos e relaxamentos, já que não oferece riscos de corte químico causado por conflitos entre os componentes.

Durante: 

Produtos do tipo Plex são aplicados em lavatório e protegem os fios ao mesmo tempo que devolvem nutrientes, minimizando os danos. O fio sai muito saudável após o processo químico. Caso não use, ele pode ficar bem ressecado, quebradiço e perder nutrientes.

Após:

  • Corte as pontas

O processo de coloração pode acabar ressecando os fios e se eles já estiverem danificados o problema pode ser agravado e ficar ainda mais evidente. Então, para conseguir uma cor bonita e cabelos com aspecto saudável, corte as pontinhas. Não é necessário radicalizar.  Apenas garanta que a parte danificada seja removida, para que assim você possa obter um bom resultado.

  • Precisa voltar ao salão

Você sai linda e maravilhosa, mas o cabelo com tintura requer manutenção, ou seja, tratamentos de hidratação e reconstrução. O ideal é retornar ao salão pelo menos uma vez por mês.

  • Como fazer a manutenção em casa

Use shampoo, condicionador, CC Cream e máscara para cabelos coloridos/específicos. Invista em protetor solar capilar e chapéu antes de se expor ao sol. Antes da chapinha, babyliss e secador sempre aplicar protetor térmico. Use ainda óleo de finalização e spray de brilho, que ajudam a manter o fio colorido mais forte e bonito.

Tenho mais dicas de COMO MANTER A COR DO CABELO INCRÍVEL!

  • Continua após a publicidade
    Publicidade