Após 13 anos desaparecida, gata reencontra a sua dona

Não tem como não se emocionar com essa história!

Um dos maiores medos de quem tem um animal de estimação é que o bichinho se perca e não volte mais para casa. A britânica Janet Adamowicz passou por esse drama em 2005, quando a sua gatinha Boo desapareceu. Ela, então, espalhou cartazes de busca pela cidade de Harrogate e também anunciou o sumiço do bichano em um jornal local, mas não teve sorte na época.

Como não encontrou Boo, Janet acabou seguindo a sua vida e adotou outros dois gatos: Ollie em 2008 e a Tessie em 2014. Até que, no dia 2 de agosto desde ano, a britânica recebeu a ligação de um veterinário dizendo que seu gato estava perdido. “Eu não acho que perdi um gato, os dois estão aqui”, foi a sua resposta.

Era a sorte chegando com treze anos de atraso. O sistema informava que o animal encontrado era Boo, sua gata-selvagem desaparecida quando tinha 4 anos. Ela estava em Pocklington, há 64 km de Harrogate. “Eu achei isso esquisito, mas não pude acreditar quando cheguei ao veterinário e ela estava lá – e se lembrava de mim!”, diz.

 (Lab Bible/Reprodução)

A gatinha estava um pouco desidratada, mas com a saúde geral muito boa, e havia sido entregue ao centro veterinário por uma senhora que disse apenas que o animal estava espreitando ao redor da casa dela há umas semanas. “Nós não sabemos como ela fez os 64 km, pode ter sido por muitas razões. Ela está bem para uma gata de 17 anos e por durar tanto tempo como uma gata de rua – é realmente notável”, celebra.

O reencontro foi cheio de carinhos no rosto, abraços, miaus e inúmeros olhos marejados de emoção na clínica veterinária. Janet conta que, mesmo tendo ficado tanto tempo longe dela, Boo tem a seguido por todos os cantos desde que voltou para casa. A outra boa notícia é que os outros gatos não estão estranhando a presença da antiga moradora.

Você deve estar se perguntando como esse reencontro foi possível. Simples: a gatinha tinha um microchip com dados de 2001 incluindo seu nome, o nome de Janet e o celular da dona. Que bom que ela não precisou trocar de número nesse meio tempo, né?

* As informações e a entrevista são do site LAD Bible, mas essa história linda já ganhou repercussão mundial.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s