Melasma: tratamento ideal combina laser e filtro solar

Vitaminas e remédios também são usados para combater mancha acastanhada no rosto de mulheres

O melasma é uma mancha de cor acastanhada que aparece no rosto de mulheres jovens causando acentuada perturbação na autoestima. Trata-se de uma mancha que começa do nada, vai aumentando e piorando a cada dia, sendo necessário o uso de mais maquiagem para fazê-la sumir.

Essa mancha tão perturbadora não tem causa específica e piora com vários estímulos, como sol, luz, calor, estresse, pílula anticoncepcional, entre outros. Mais recentemente, descobriu-se que a célula chamada melanócito, que produz o pigmento melanina, está alterada e tem uma comunicação desequilibrada com outras células da pele. Isso faz com que qualquer estímulo externo ou interno acabe provocando mais escurecimento, entrando num círculo vicioso, de pigmentação exagerada.

Por isso o tratamento do melasma começa com a proteção e o uso constante do filtro solar. Esse filtro precisa ter fator de proteção solar (FPS) maior que 50, proteger da radiação UVB e UVA e ter cor de base para proteger também da luz visível. Essa luz é aquela das lâmpadas caseiras e do computador, que também mancha a pele. O protetor precisa ser usado várias vezes ao dia.

No tratamento do melasma são utilizadas vitaminas antioxidantes como C, E, Pomegranate e Picnogel e também um fitoterápico vindo de uma samambaia chamada Polipodium leucotomas. Essas substâncias ajudam a proteger a pele da radiação ultravioleta, que é o estímulo mais forte para a perpetuação do melasma.

Hoje também existe um remédio chamado ácido tranexâmico, que tem sido usado com muito sucesso. Essa substância é como um para-raio para os vários estímulos provocativos do melasma. Embora o ácido tranexâmico “via oral” tenha ótimos resultados, é bom enfatizar que é um remédio e deve ser receitado somente pelo médico.

O tratamento tópico é feito com cremes clareadores a base de hidroquinona, arbutin, ácido kogico, peptídeos, vitamina C, ácido tranexâmico, entre outros. É bom lembrar que a pele não pode ficar avermelhada ou irritada.

O tratamento mais efetivo para o melasma é um laser especial que emite pouca energia num pulso rápido. Trata-se de um laser de Nd yag que tem essas propriedades, destruindo a melanina sem provocar muito calor.

Além disso, o tratamento com microagulhamento também é interessante, promovendo uma melhoria da qualidade da pele. Esse procedimento provoca um sangramento leve, que traz fatores de crescimento naturais que melhoram a qualidade da pele e diminuem produção de melanina.

Em geral, o tratamento ideal deve ser feito combinando o uso adequado do melhor filtro solar, cremes noturnos clareadores alternando com hidratantes que mantem a pele equilibrada e saudável. Seguimos o tratamento com a associação de microagulhamento e laser para potencializar a melhora da capacidade funcional, do equilíbrio e da beleza da pele.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s