CLIQUE E ASSINE A PARTIR R$ 6,90/MÊS
Lori Baroni Bósio Diretora de arte de CLAUDIA, criadora do blog 500 Dias pra Casar (@500diaspracasar) e stylist de casamentos

Como organizar o orçamento da sua festa de casamento

Planejar um evento exige habilidades administrativas. Encontrar o meio-termo entre o sonho e o que você pode pagar nem sempre é uma tarefa fácil

Por Lorena Baroni Bósio Atualizado em 18 fev 2021, 22h35 - Publicado em 25 fev 2021, 10h00

Assim que comecei a organizar meu casamento, percebi que esse era um sonho que precisava ser realizado com os pés no chão. Logo eu, que odeio matemática, me vi cercada por números. Definir o orçamento é a tarefa mais chata de todas. As palavras “caro” e “estressante” imediatamente vêm à tona, mas não precisa ser um completo pesadelo.

Roberta Canuto, à frente da Casa de Dois Assessoria, encara a definição do budget como uma de suas principais funções e ressalta a importância de ter uma visão macro logo de início. “Estimar o valor total e alinhar expectativas conforme o necessário é fundamental para evitar gastar além do previsto, o que causa muita frustração aos noivos”, diz ela.

Lorena em pé com um caderno e caneta na mão
A editora de arte Lori Baroni Bósio. Foto Nicole Gomes/Divulgação

Para não cair em armadilhas, comece imaginando como quer comemorar. Pesquise sobre os formatos disponíveis – elopement, miniwedding ou um evento maior – e busque inspiração em sites e blogs sobre o assunto. Não se apegue aos detalhes. Nessa etapa, o importante é decidir o mood geral do grande dia.

Em seguida, estipule quanto dinheiro você e seu parceiro estão dispostos a investir – essa quantia deve ser confortável para ambos. Além disso, é importante definir se outras pessoas vão colaborar com os custos. Caso a resposta seja positiva, pergunte a elas sobre o teto de gastos. Sim, é desconfortável falar sobre dinheiro, mas essa conversa tem que acontecer. Você precisa saber com muita clareza a verba total disponível.

Lembre-se de que o tempo também é um fator determinante. O ideal é se programar para que tudo, absolutamente tudo, seja quitado até a data escolhida. Eu e meu marido decidimos adiar nossa festa em um ano para que pudéssemos parcelar os pagamentos ao longo de 20 meses. Nesse sentido, quanto mais longa a duração do noivado, melhor. A antecedência também dá vantagem na hora de negociar. É muito mais difícil barganhar quando os fornecedores sabem que você está com o prazo apertado.

Outro número relevante é a contagem de convidados. Abra uma planilha (a primeira de muitas) e comece a inserir os nomes de quem vocês desejam chamar. Não importa que tipo de casamento você está planejando, a quantidade de pessoas sempre terá um grande impacto no seu orçamento. “Alterar a lista é a maneira mais rápida e eficaz de aumentar ou diminuir seus custos, uma vez que o evento é cobrado, essencialmente, por pessoa”, explica Roberta.

Continua após a publicidade

Na hora de alocar os recursos, não tem segredo: se exceder os gastos com um serviço, terá que economizar em outros. Por isso, é fundamental definir suas prioridades. O orçamento e a forma como o dinheiro é dividido devem ser flexíveis e, sem dúvida, precisarão de ajustes ao longo do processo. Seja criativa (e responsável!) com a quantia que tiver, seja ela 5, 50 ou 500 mil.”

agenda para organização sobre fotos de vestido azul, fitas coloridas e espaço para festas
Eleja seu método de organização preferido. O planner da @chuvadepapel é perfeito para noivas analógicas Vestido azul, Daria Shevtsova/Pexels; tecido rosa, Madison Inouye/Pexels; planner, Carol Ritzmann/Divulgação

Barato sai caro

Espaços brutos, como fazendas e galpões, podem ter preços tentadores, mas avalie o investimento necessário para adequá-los a uma festa. Verifique se vai ser preciso alugar mobiliário, equipamentos de cozinha, cobertura (em caso de chuva), geradores e/ou banheiros químicos. Antes de fechar o negócio, compare o valor total desse lugar, incluindo os acréscimos, com outro que já tenha a infraestrutura pronta para receber seus convidados. Caso escolha um local remoto ou fora da zona urbana, leve em conta o frete e o deslocamento de profissionais até lá.

Todo santo dia

Marcar seu casamento durante a semana é uma ótima saída para poupar. “A economia pode ser de até 30% em comparação com eventos realizados no sábado”, diz Roberta Canuto,
da @casadedois. Antecipar o horário do evento também é uma forma de reduzir despesas com bebidas, iluminação cênica e atrações musicais.

Resiliência: como se fortalecer para enfrentar os seus problemas

Continua após a publicidade

Publicidade