CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Skincare possível: pele linda em apenas 3 passos

Se perdeu no quinto passo da rotina de cuidados e desistiu de vez? Calma, o skip-care simplifica as etapas e reforça a saúde da nossa pele

Por Sarah Catherine Seles Atualizado em 10 jun 2022, 16h30 - Publicado em 10 jun 2022, 09h02

Se o seu feed não foi dominado por tutoriais minuciosos de skincare, considere-se sortuda. O boom de dicas de como cuidar da pele se deu quando a rotina das sul-coreanas virou febre no ocidente. “Mas isso é algo cultural. Enquanto descendente de coreanos, o skincare sempre esteve presente. Percebo que peguei traços da minha avó materna, vaidosa”, comenta a maquiadora Cindy Oh. O ritual segue pelo menos 12 (!) passos, mas, segundo as profissionais ouvidas pela reportagem, algumas etapas são dispensáveis num cenário de vida real corrida. “Produtos como máscaras faciais, esfoliantes e tônicos podem ser deixados em segundo plano”, exemplifica a dermatologista Maria Eduarda Pires, que reforça o uso dos mesmos apenas uma vez na semana ou a cada 15 dias. “Quanto mais você sobrecarrega a pele, pior é.” Daí o surgimento do termo em inglês skip-care faz todo o sentido. O movimento pensa em simplificar os cuidados sem abrir mão da saúde. Aos essenciais:

Limpeza

“A pele é um órgão que já se organiza de forma inteligente, faz seu próprio detox e proteção. O que você não pode fazer é atrapalhar esse processo natural”, explica a maquiadora Vanessa Rozan, sócia do Liceu de Maquiagem. “Pela manhã, o ideal é fazer uma limpeza suave, já que, durante a noite, sua pele produziu um manto hidrolipídico, bioprotetor que mantém a hidratação natural.” Por isso, ações muito profundas devem ser evitadas nesse momento. Este passo, porém, é essencial para garantir a retirada de impurezas e excessos de oleosidade, mantendo a saúde da derme. Opte por géis ou sabonetes de limpeza. Já durante a noite, a higienização deve ser mais profunda, visando retirar toda aquela sujeira e poluição do dia. Dormir com fronha de cetim também auxilia na saúde da pele e diminui as linhas de expressão causadas pelo atrito com o travesseiro. “É importante utilizar um higienizador adequado que não contenha substâncias muito ácidas, ou seja, que não tenha PH alcalino”, explica Fernanda Chauvin, farmacêutica bioquímica, dermatocosmética e CEO da Ellementti Dermocosméticos.

Hidratação

Limpou, hidratou! Aqui, o segredo é ficar de olho em como a sua pele está e se ela sofre alterações de acordo com as estações. Vanessa indica uma loção ou creme para a rotina. “No verão, o sérum funciona muito bem para a pele da brasileira e o nosso clima, por exemplo”, diz. É preciso também saber qual tipo de pele é a sua. Se for mais seca, recomenda-se os produtos mais densos, com óleos na composição. Já para as peles oleosas, cremes a base de gel e água são bons aliados. Hoje, você encontra opções, independente da textura, com outros ativos inclusos, além da hidratação. Mas nem só com enriquecimentos na fórmula se cuida de uma pele. Uma boa noite de sono, com descanso efetivo, e aquele famoso lembrete do “beba água” são essenciais. “Mantenha isso por toda a vida para que esse órgão fique íntegro e preservado não só na aparência, mas também na saúde”, afirma Vanessa.

Proteção

A proteção contra os raios UV é crucial e utilizar um bom protetor solar deve ser visto como um investimento a longo prazo. “Ele é com certeza o produto mais importante dessa rotina”, enfatiza a dermatologista Maria Eduarda, que ganha coro com as outras entrevistadas. A etapa não pode ser deixada de lado, mesmo que você esteja de home office, na cidade, longe da praia. A proteção solar previne doenças de pele, evita manchas, promove o envelhecimento saudável e auxilia na manutenção da hidratação. “À noite, é o momento que a gente tem maior regeneração do tecido. Então, produtos que vão trabalhar a melhora da sustentação da pele devem ser usados no período noturno. E, no diurno, devemos escolher os que vão proteger a nossa pele da agressão ambiental”, sugere a farmacêutica. Essa etapa é tão imprescindível que Cindy Oh dá uma dica de ouro: “Caso a pessoa não tenha condições de fazer a rotina completa, o protetor solar vira prioridade”.

Cuidados na hora da make

skincare
Fotos Pexels; ilustrações Getty Images/CLAUDIA

Como apontado anteriormente, é interessante você saber qual tipo de pele é a sua para ser mais assertiva na hora de decidir quais produtos vai usar. E isso vale tanto para o skincare quanto para a maquiagem. A farmacêutica bioquímica Fernanda Chaubin disseca a classificação com cinco tipos: normal, seca, oleosa, mista e sensível. “A pele normal possui uma textura regular sem imperfeições, os poros são mais fechados e tem um aspecto mais macio. A seca normalmente é causada por fatores externos, como clima e baixa umidade do ar. A pele oleosa, por sua vez, tem uma aparência mais porosa e brilhante, geralmente relacionada com o aumento de acne. Já a mista, como o nome indica, possui tanto características seca, quanto oleosa. E, por fim, a pele sensível, que tem maior propensão a reagir aos estímulos externos (coceira, vermelhidão, calor)”, explica Fernanda.

O acompanhamento regular com uma dermatologista te ajudará a compreender as suas particularidades e a criar um tratamento de acordo com o que a sua pele precisa. Vale lembrar que a skincare é específica para cada pessoa, tá?

Fernanda acrescenta aos dilemas de cada pele as irritações que surgem por reações alérgicas ou infecções fúngicas. “Isso aumentou pelo uso de máscaras de proteção [contra a Covid-19]. Nesses casos, é importante seguir uma rotina que, além dos passos para uma pele sensível, você utilize produtos que vão repor a barreira cutânea”, recomenda.

Se você não quer abrir mão de alguns benefícios encontrados em outros produtos, compre os multifuncionais, como hidratantes com ativos anti-idade, protetores solares com antioxidantes e até sabonetes com ácidos que tratam oleosidade, acne e ajudam a reduzir os poros. Contudo, lembre-se: ter uma base com algum benefício de hidratação, por exemplo, não exclui a necessidade de usar um hidrantante no skincare. “Antes da maquiagem, higienize a pele com água micelar ou tônico, hidrate, depois aplique primer e protetor solar”, detalha a Dra. Maria Eduarda. No pós-make, a etapa da limpeza se torna ainda mais primordial, porque é preciso remover tudo (tudinho mesmo!). Só assim você evita resquícios de produtos no rosto, que podem causar entupimento dos poros e, consequentemente, influenciar na acne.

Continua após a publicidade

E se você acha que usar o filtro solar antes da make soa estranho, Cindy Oh explica. “A maquiagem, às vezes, tem alguns componentes que não fazem tão bem para pele. Por isso a camada de proteção.” Ficou mais fácil, né? Ufa!

skincare
Reprodução/CLAUDIA

1- Óleo Demaquilante Facial 230ml, Bioré, R$ 69,60. Compre aqui.

2- Foaming Cleanser 150ml, Dior, R$ 265. Compre aqui.

3- Proteção solar Sunsec Gel FPS 50, ADA TINA, R$150,61. Compre aqui.

4- Sérum Noturno, Biossance, R$ 329 na Sephora. Compre aqui.

5- Óleo facial hidratante, Marina Shore, R$ 130. Compre aqui.

6- Creme Revitalizante Red Camellia, Chanel, R$ 840. Compre aqui.

* Os links gerados podem render algum tipo de remuneração para a Editora Abril. Os preços foram consultados na sexta-feira (10), e podem estar sujeitos a alterações.

Continua após a publicidade

Publicidade