CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Guia antissinais em cada idade: como cuidar da sua pele

Dos 20 aos 50+, aprenda os passos essenciais na sua rotina e quais ativos podem ajudar

Por Nathalie Páiva Atualizado em 8 ago 2022, 16h39 - Publicado em 6 ago 2022, 08h38

As necessidades da sua pele mudam conforme os anos passam, e quando o assunto é cuidado antissinais, cada faixa etária tem produtos, veículos e ativos específicos para prevenir ou até reverter a ação do tempo. Vamos juntas aprender mais sobre o tema, e sobre como cuidar bem da nossa face? O dermatologista Luann Lôbo preparou um guia antissinais por idade para você saber exatamente quando começar um tratamento mais intensivo na sua pele. 

Antes de tudo: os cuidados básicos de skincare

Óleos de skincare
Entender o essencial do skincare ajuda a complementar itens de acordo com a necessidade da sua pele |Foto: Anna Efetova/Getty Images

Independente do tipo de pele ou idade existem cuidados que são primordiais para manter a região sempre saudável e apta para receber mais tratamentos. “Protetor solar e hidratante são produtos essenciais e importantes para todos os tipos de pele e idade. Uma observação importante é que o que pode variar é o veículo específico para atender as características da sua pele, tanto para hidratação, quanto para a fotoproteção. Por isso, sempre esteja atenta às suas necessidades especiais para a região”, pontua Luann.

Veja também: Aprenda identificar se os produtos que você usa são realmente sustentáveis

Cuidando a pele aos 20 anos

“Foque em antioxidantes, atualmente um dos mais conhecidos e que cada vez mais faz parte dos produtos de cuidados com a pele é a vitamina C. O melhor aproveitamento do uso desse ativo é pela manhã. Para a noite, use um hidratante específico para as suas necessidades”, sugere o especialista. 

Rotina de skincare exemplificada aos 20:

1- Limpeza e tonificação duas vezes ao dia. 

2- Hidratação noturna específica para o seu tipo de pele (recomendada pelo seu dermatologista).

3- Uso antioxidante (vitamina C) e protetor solar. 

Cuidados aos 30 anos 

Aos 30, os cuidados aumentam um pouco mais. “A partir dos 28 e 30 anos, a gente vai reduzindo bastante a nossa produção de colágeno – em torno de 1% ao ano em média – nesse caso o mais recomendado é entrar com agentes renovadores como ácido glicólico e retinoides como o ácido retinoico e o retinol. É bacana focar também em ácidos noturnos e agentes renovadores no período da noite e durante o dia antioxidantes e protetor solar”, orienta o dermatologista. 

Continua após a publicidade

Rotina de skincare aos 30:

1- Limpeza, tonificação e hidratação duas vezes ao dia.

2- Antioxidante pela manhã e proteção solar.

3- Renovadores noturnos. 

Tratamento aos 40 e 50+

Em peles um pouco mais maduras, como posso fazer um tratamento mais intenso? Luann conta todos os detalhes. “Nessas idades também usamos ácidos renovadores, mas com uma ação um pouco mais potente, como ácido retinoico. O produto tem uma ação mais profunda e com o passar da idade vamos aumentando as concentrações, a depender da necessidade de cada paciente”, enfatiza. 

Rotina de cuidados aos 40 e 50+:

1- Limpeza, tonificação e hidratação duas vezes ao dia.

2- Antioxidante pela manhã e proteção solar.

3- Renovadores noturnos mais potentes. 

E nos 50+, como posso cuidar da minha pele?

“Os procedimentos em consultório, que podem ser associados no manejo do envelhecimento, vão depender de cada paciente e seu tipo de pele, condições patológicas associadas, grau de envelhecimento, etc. Os mais gerais, dando uma breve pincelada são: ultrassom microfocado, microagulhamento, radiofrequências, laser, peelings, bioestimuladores de colágeno/toxina botulínica”, explica Luann que recomenda a partir dos 30+,  associar o skincare com procedimentos estéticos para um  melhor resultado.

Continua após a publicidade

Publicidade