Momento especial: Menina de 12 anos ajuda no parto do irmãozinho

A menina estava chateada porque achou que não conseguiria ver o parto quando o médico perguntou se ela não gostaria de ajudar no procedimento

Jacee Dellapena, uma garotinha americana de 12 anos, participou diretamente do parto de seu irmão caçula. As imagens em que ela aparece recebendo o garotinho em seus primeiros segundos de vida são emocionantes. O momento especial aconteceu em um hospital no estado norte-americano de Mississippi na semana passada. Ela estava triste por acreditar que não poderia participar do parto, então o médico a convidou para participar do procedimento.

Leia também: Após curso de doula, fotógrafa se dedica a registrar com delicadeza partos naturais

Dede Dellapena, mãe dos dois, fez um relato na página de Facebook Love What Metter e aconselhou outros pais a deixarem seus filhos participarem do parto dos irmãos mais novo. “Se a criança tem idade apropriada e maturidade que a situação exige, os pais deveriam permitir a presença delas na sala de parto”, encorajou.

A menina esteve presente durante todo o tempo, o que reconfortou Dede. “Observar as expressões dela foi impagável. Me concentrar no rosto dela quando fazia força me ajudou muito”, disse a mãe.

(Reprodução/Facebook)

Leia também: Médico comenta procedimento em parto que Bela Gil afirma ter arruinado sua vida sexual por um ano

CLAUDIA conversou com a doula e educadora perinatal Silvia Delman para saber se existe alguma restrição em situações como essa. Delman disse que não vê problemas na presença de crianças durante o nascimento dos irmãos desde que haja uma equipe de saúde habilitada para a assistência no parto. 

No Brasil, no entanto, não é permitida a presença de crianças na sala de parto de hospitais. Sendo assim, muitas mães tem optado por dar à luz aos filhos mais novos em casa para que os irmãos mais velhos possam participar, como a chef e apresentadora Bela Gil.

Apesar de sua primogênita Flor ter nascido em um hospital em Nova York, nos EUA, ela e seu marido João Paulo Demasi decidiram receber o pequeno Nino em casa. Uma equipe especializada em parto humanizado acompanhou tudo enquanto Flor realizava o sonho de participar do nascimento do irmãozinho. 

Leia também: Os benefícios do parto normal

“As famílias devem fazer um plano de parto, contendo todas suas expectativas em relação ao procedimento e quais condutas devem ser tomadas e levar essa plano para a equipe de saúde”, informa Delman.

Um dos pontos que o plano precisa contemplar é a presença de outras pessoas que não sejam da equipe de saúde na sala do parto. “Acontece muito de as mães quererem seus outros filhos no ambiente, mas é preciso ter em mente que a criança pode não reagir bem àquele momento. O parto pode demorar demais, a mãe vai sentir dor e a criança pode não querer ficar ali. Temos que saber quem vai tomar conta dessa criança”, disse.

Veja as fotos de Jacee ajudando no parto de seu irmão:

(Facebook/Reprodução)

(Reprodução/Facebook)

(Reprodução/Facebook)

(Reprodução/Facebook)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s