Garoto de apenas 10 anos cria rede de limonadas e lucra milhares de dólares

Comum nos Estados Unidos, a “brincadeira” de vender sucos no verão rendeu, para Jack Bonneau, um verdadeiro negócio

Vender limonada pode significar, para algumas crianças, uma simples brincadeira de verão (com a vantagem, claro, de conseguir juntar aquele dinheirinho que vai ajudar a comprar as figurinhas do álbum ou seu gibi preferido). Para o pequeno Jack Bonneau, de apenas dez anos, o negócio é um pouco mais sério.

Há dois anos, quando ele tinha apenas oito anos, ele decidiu que queria passar o verão vendendo limonada. Ao invés de montar uma barraca na esquina de sua casa, como a maioria das crianças (principalmente americanas, já que é um costume típico por lá), ele montou um stand em uma feira de produtos naturais.

A “brincadeira” deu tão certo – Jack faturou cerca de 2 mil dólares em venda, com lucro de 900 dólares – que o garoto e seu pai montaram, no ano seguinte, um negócio mais concreto, com direito a site de vendas e outras três “barracas” em mercados específicos. Em 2015, as vendas totalizaram 25 mil dólares.

O pai de Jack diz que, a princípio, a ideia era que seu filho tivesse apenas uma experiência de forma divertida no mundo dos negócios. “Fazíamos questão que ele não usasse os ingredientes que tínhamos em casa ou reaproveitasse os copo que temos aqui”, diz ele que encontrou, dessa maneira, um jeito de fazer com que Jack extraísse o máximo de aprendizado dessa experiência.

O sucesso como empreendedor deixou Jack mais confiante na escola e seu interesse por matemática e educação financeira só aumentou – afinal, ele conseguiu ver, na prática, o sentido de tudo isso. Hoje, apesar de estar na quinta-série, faz aulas de matemática junto com a turma da sétima série e está inscrito em cursos de educação financeira da Young Americans Center for Financial Education, instituição que ensina alunos de 6 a 21 anos a cuidar dos negócios. Assim como ele, outras milhares de crianças da região de Denver adquirem, ainda pequenos, conhecimentos em educação financeira.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s