Casamento: 3 erros que as noivas cometem ao contratar o buffet

Especialista lista as decisões erradas que podem minar o projeto da sua festa

Toda decisão que envolve os preparativos da festa de casamento exigem atenção. Desde a escolha das cores da identidade visual, até as atrações musicais e o buffet que atenderá a festa: tudo tem uma importância vital nas engrenagens do casamento perfeito. E no topo de prioridades da maioria das noivas está o buffet. Isto porque sem ele não tem festa.

A escolha, normalmente pautada por comodidades como localização e preço acessível, não pode ser tomada às pressas. A precaução, aliás, é o principal segredo para o sucesso, segundo Miriam Catib, proprietária do Buffet Fiorelo.

Veja quais são os 3 erros mais cometidos pelos casais no que se refere à escolha do buffet.

1. Fechar a igreja primeiro e só depois começar a ver o buffet
As igrejas mais requisitadas da cidade podem ter uma longa fila de espera para uma data disponível para casamento, mas isso não significa que escolher a igreja deve ser uma atitude isolada. “Algumas noivas cometem o erro de fechar a data da igreja e só depois ir atrás de um buffet. O ideal é que vejam simultaneamente e procurem adequar as datas dos dois locais, pois assim não precisarão escolher entre a igreja ou o buffet que gostaram”, aconselha Miriam Catib, proprietária do Buffet Fiorelo.

2. Não buscar informações além do site do buffet
Quanto mais informações as noivas tiverem sobre o buffet, melhor. E com as redes sociais, as facilidades se tornam infinitas. Cheque a reputação do buffet pretendido em sites como Reclame Aqui e junto ao Procon e Serasa. Os grupos de noivas do Facebook também podem ser um ótimo local para buscar referências do serviço.

3. Não fazer perguntas
Na primeira visita é comum ser envolvida pelo vendedor, mas não deixe a empolgação te cegar. Segundo Miriam, algumas perguntinhas são essenciais logo no primeiro momento, entre elas:
– O local tem um alvará de funcionamento?
– Quantos convidados o buffet atende?
– Com quantos garçons conta o estabelecimento?
– Qual acordo será feito em relação à alimentação do staff da noiva?
– Qual será a duração da festa e de cada serviço?
– Que tipo de louça, talher, bandeja e toalhas de mesa serão utilizados?
– Se os noivos pretendem trazer bebidas de fora, haverá cobrança de taxa de rolha?
– O buffet possui as taças adequadas para cada tipo de bebida que se pretende servir?

Miriam aconselha: não tenha receio de fazer todas as perguntas que julgar necessárias. Somente assim é possível tomar uma decisão segura.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s