4 tratamentos para rejuvenescer a região dos olhos

Cuidar do entorno dos olhos pode garantir uma aparência rejuvenescida por mais tempo. Descubra tratamentos para valorizar a região

1. Laser CO2 fracionado

Indicado para: rugas e linhas finas.

Como funciona: de aplicação localizada, o laser aquece profundamente a derme. Nesse processo, os disparos causam uma destruição no tecido, o que estimula a renovação celular. Após três ou quatro dias, ocorre uma descamação leve, que promove a remoção das células mortas – o aspectodo rosto volta ao normal em até três semanas. “Com isso, o organismo desencadeia um processo de reparação, que estimula tanto a produção de colágeno quanto a oxigenação celular”, afirma a dermatologista Denise Steiner. Os resultados são perceptíveis desde a primeira aplicação. No total, são recomendadas de uma a quatro sessões, com intervalo de dois meses entre elas.

2. Toxina Botulínica

Indicado para: prevenir rugas e linhas de expressão.

Como funciona: o Botox ainda é eleito pelos especialistas como a melhor forma de prevenir as marcas de expressão ao redor dos olhos, já que paralisa o músculo, evitando os danos provocados pelo movimento. Ele pode ser aplicado na lateral dos olhos e também no finalzinho das sobrancelhas, logo acima das pálpebras – neste caso, com o intuito de levantar o olhar. “É uma boa opção para quem tem flacidez leve na região e deseja um efeito lifting”, explica Bomi Hong, dermatologista especializado em cosmiatria. Cada aplicação dura de quatro a seis meses, podendo ser repetida. Para quem reclama da dor, uma novidade: foi aprovado nos Estados Unidos um outro diluidor para a toxina (no lugardo soro fisiológico), que a deixa menos espessa e, portanto, torna a aplicação menos dolorida.

3. Ultrassom microfocado

Indicado para: flacidez leve ou moderada ao redor dos olhos.

Como funciona: apesar de o mecanismo ser parecido com o do Laser CO2, essa opção atinge camadas mais profundas da pele, onde ficam os músculos e, por isso, é a mais recomendada quando o problema é flacidez. O aparelho gera ondas de calor que provocam a retração das fibras musculares. O mecanismo aumenta a tonicidade da pele e causa efeito lifting imediato. “Indicamos de uma a duas sessões por ano com intervalos de seis a oito meses entre elas, tempo em que os resultados se mantêm efetivos”, diz Bomi.

4. Blefaroplastia

Indicado para: flacidez nas pálpebras, excesso de pele, gordura ou inchaço nas bolsas sob os olhos.

Como funciona: É uma cirurgia; portanto, só é recomendada quando as sobras incomodam muito esteticamente ou atrapalham a visão. “Como a pálpebra é uma estrutura vital para a proteção do olho, a cirurgia não é tão simples quanto parece e exige pelo menos uma semana de repouso para a cicatrização”, avisa o cirurgião plástico Marcelo Cury, professor doInstituto Ivo Pitanguy, no Rio de Janeiro. Durante o procedimento, é retirado o excesso de pele ou gordura. A cicatriz, quase imperceptível, consiste em um traço rente à raiz dos cílios inferiores ou bem no centro da pálpebra superior, de ponta a ponta. Ainda que o resultado seja duradouro, em dez anos a pele pode voltar a ficar flácida por causa doenvelhecimento natural. “Dependendo do caso, é possível contornar o problema com laser ou ultrassom”, afirma Cury.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s