CLIQUE E ASSINE A PARTIR R$ 6,90/MÊS

Defesa diz que Marcius Melhem atuou de forma violenta com várias atrizes

"Houve um comportamento recorrente, de trancar mulheres e as tentar agarrar, contra a vontade delas", afirmou a advogada sobre acusações de assédio

Por Da Redação Atualizado em 25 out 2020, 10h46 - Publicado em 24 out 2020, 18h38

Após ser alvo de denúncias por assédio moral feitas por atrizes do núcleo de humor da Rede Globo em dezembro do ano passado, e em seguida ter sido afastado pela emissora, o nome de Marcius Melhem voltou a circular nas redes neste sábado (24).

A colunista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo, entrevistou a advogada criminalista Mayra Cotta, que representa seis supostas vítimas de assédio sexual, seis testemunhas e também vítimas de assédio moral, no caso envolvendo o humorista. Há ainda um grupo de apoio a elas, que envolve mais de 30 pessoas. As vítimas deram como condição que seus nomes não fossem divulgados, assim como os detalhes dos relatos.

De acordo com a publicação, a nota oficial da emissora sobre o desligamento de Marcius teria causado revolta nas vítimas, fazendo com que elas se reunissem para reclamar sobre o desfecho com a direção da empresa. No texto divulgado sobre o desligamento, a Rede Globo não cita nenhuma das denúncias de assédio e afirma que encerrava ali uma parceria de sucesso.

Afastamento e desligamento da emissora

Após cinco meses afastado, Marcius Melhem foi desligado pela Globo em agosto deste ano. O ator e roteirista coordenava os projetos de humor da emissora desde 2018 e ajudou a implantar atrações como o “Tá no Ar: A TV na TV” e “Fora de Hora”. Ele fez parte da empresa por 17 anos.

“A Globo e Marcius Melhem, em comum acordo, encerraram a parceria de 17 anos de sucessos. O artista, que deu importante contribuição para a renovação do humor nas diversas plataformas da empresa, estava de licença desde março para acompanhar o tratamento de saúde de sua filha no exterior. Como todos sabem, a Globo tem tomado uma série de iniciativas para se preparar para os desafios do futuro e, com isso, adotado novas dinâmicas de parceria com atores e criadores em suas múltiplas plataformas. Os conteúdos de humor, assim como os de dramaturgia diária e semanal, continuam sob a liderança de Silvio de Abreu, diretor de Dramaturgia da Globo”, diz a nota oficial.

“Atuou de forma violenta”, afirma defesa

Para Bergamo, a advogada de defesa falou sobre as denúncias e afirmou que “há um chefe que se vale de sua posição para tentar usar o poder que tinha de contratar ou demitir para as constranger a se envolver com ele.”

Mayra Cotta falou também sobre um suposto comportamento violento de Marcius, relatado pelas vítimas. “Houve um comportamento recorrente, de trancar mulheres em espaços e as tentar agarrar, contra a vontade delas. De insistir e ficar mandando mensagem inclusive de teor sexual para mulheres que ele decidia se iam ser escaladas ou não para trabalhar, se ia ter cena ou não para elas [nos programas de humor]. De prejudicar as carreiras de mulheres que o rejeitaram. De ficar obcecado, perseguindo mesmo. Foi um constrangimento sistemático e insistente, muito recorrente”, completou.

Continua após a publicidade

A advogada, que anteriormente trabalhava com casos de violência doméstica na Universidade de Brasília, disse ainda que percebeu na descrição dos casos que envolvem Marcius Melhem, como um chefe assediador é semelhante a um marido abusador.

No Twitter, o ex-global se pronunciou logo em seguida sobre a coluna publicada neste sábado (24). Na publicação, ele afirma que “qualquer pessoa que me conheça, que tenha convivido minimamente comigo sabe que é impossível eu praticar alguma violência, especialmente contra as mulheres. Jamais seria capaz de emparedar alguém à força.”

As acusações contra Marcius Melhem surgiram no final de 2019. A humorista Dani Calabresa foi apontada como uma das insatisfeitas com a gestão de Marcius, mas chegou a negar que teria reclamado formalmente sobre o comportamento do ator à Globo.

Estou com câncer de mama. E agora?

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade