A primeira entrevista do ex-noivo da blogueira que morreu

Orlando Costa falou sobre a relação que tinha com Alinne Araújo

Orlando Costa, ex-noivo da blogueira Alinne Araújo, que cometeu suicídio há uma semana após ter sido abandonada pelo rapaz um dia antes da cerimônia de casamento, se emocionou ao falar sobre a relação deles, em sua primeira entrevista depois do caso.

“Só quem julgou foram pessoas que não me conheciam. Eu ofereci médico, psicólogo, ofereci coisas que eu julgava serem boas, que ela gostava, que dizia que era sonho dela. Dei todo meu amor, todo meu carinho. Saía de casa e dizia: ‘qualquer coisa, liga pro mozão’. Tentei de tudo. Mas não consegui”, lamentou Orlando à RecordTV ao falar sobre as pessoas que o culparam pela morte.

VEJA os assuntos  que mais estão bombando nas redes sociais

Orlando ainda revelou que os seus pais não apoiavam completamente o noivado. “Qual mãe, qual pai é a favor de ver um filho correndo atrás de uma mulher que falava que ia se matar. Minha mãe falava: ‘meu filho, nunca mais te vi leve, te vi sorrindo’, porque eu sempre fui muito sorridente, brincalhão”, revelou o ex-noivo.

No dia seguinte à morte, Orlando chegou a se pronunciar sobre o ocorrido em seu Instagram. “Eu estou tentando escrever, assim que eu tiver forças, eu explico melhor, só posso adiantar que eu não existo mais, estou acabado”, escreveu ao lado de uma selfie. No entanto, a imagem gerou uma repercussão negativa, recebendo muitos comentários de ódio. Orlando deletou sua conta em seguida.

Testamento

O pai do rapaz contou à VEJA SÃO PAULO que o término entre os dois aconteceu porque Alinne teria pedido para o noivo assinar um documento que passava todos os bens para o seu nome em caso de morte, o que teria assustado o empresário.

“Ele queria se casar, foi até o advogado, mas esse documento deixou ele assustado”, contou. “Meu filho não é um canalha, se fosse seria até melhor nesse caso, porque ele está sofrendo muito. Para mim é uma coisa inédita, uma pessoa pedir que a outra assine um testamento deixando todos os bens pouco antes de casar. Quem assinaria isso?”, questiona o pai.

Ele ainda falou que o filho não quis atender a ex-noiva porque a jovem poderia convencê-lo a mudar de ideia. “Ela tem um poder muito grande sobre ele”, acredita.

Alinne chegou a conceder uma entrevista à Vejinha antes de sua morte e afirmou: “Sobre a ideia do testamento, ele disse que não queria valer mais morto do que vivo, mas não dava mais para fazer alterações no documento, estava muito em cima.” Ela sugeriu, então, que celebrassem a festa e o casamento civil fosse remarcado. O noivo aceitou, mas horas depois mudou de ideia e desistiu de tudo.

Entenda o caso

A blogueira e youtuber Alinne Araújo, de 24 anos, morreu na segunda-feira (15) ao cair do nono andar do prédio onde morava, no Rio. No final de semana, Alinne fez um casamento sozinha, consigo mesma, depois que o noivo, Orlando Costa Jr., de 30 anos, desistiu da união na véspera, menos de 24 horas antes da celebração, via mensagem de texto.

“Vocês sabem a dor de confiar em alguém cegamente e achar que encontrou o companheiro da vida e, um dia antes da celebração do amor de vocês, a pessoa some. Manda uma mensagem pelo WhatsApp e termina todos os sonhos de vocês”, relatou a jovem, em sua conta no Instagram @sejjesincera.

Alinne, que estava com tudo pago para a cerimônia, decidiu casar-se consigo mesma e compartilhou a ocasião com seus seguidores. No entanto, após receber diversos comentários negativos, afirmando que ela estava querendo “chamar a atenção”, ela cometeu suicídio.

Leia também: Amiga de blogueira que morreu após se casar ‘sozinha’ fala sobre situação

+ Mãe de blogueira fala pela primeira vez sobre morte da filha

Relacionamento abusivo: saiba se você está em um no podcast Senta Lá, CLAUDIA

%d blogueiros gostam disto: