Clique e assine com até 75% de desconto

Executivas de Hollywood criam comissão contra assédio sexual

A ideia é criar mudanças institucionais que promovam uma cultura de respeito em toda a indústria

Por Da Redação 18 dez 2017, 18h53

Depois das recentes revelações de casos de abuso sexual, uma comissão para combater o assédio sexual dentro da indústria do cinema e do entretenimento foi criada por grandes nomes de Hollywood, segundo o jornal  The New York Times.

Quem liderou a iniciativa foi a advogada Anita Hill, e foi idealizada pela produtora de Star Wars Kathleen Kennedy, pela co-presidente da Nike Foundation Maria Eitel, pela investidora Freada Kapor Klein e pela advogada Nina Shaw.

Leia mais: Assédio sexual e moral no trabalho: como identificar e denunciar?

A Comissão sobre Assédio Sexual e Promoção da Igualdade no Ambiente de Trabalho, de acordo com o comunicado, tem como objetivo promover um ambiente de trabalho mais seguro e mais justo para as mulheres e pessoas marginalizadas. “A comissão não buscará apenas uma solução, mas uma estratégia abrangente para abordar as causas complexas e inter-relacionadas dos problemas de paridade e poder”, afirma a produtora Kathleen Kennedy.

Leia mais: Mulheres compartilham seus casos de assédio sexual no transporte

Já Nina Shaw explicou que a comissão era uma longa jornada para adotar as melhores práticas. Além disso, a ideia é criar mudanças institucionais que promovam uma cultura de respeito e dignidade humana em toda a indústria. 

Na reunião realizada na sexta, participaram executivos de grandes corporações, como Disney, Paramount Pictures, CBS e Netflix. A previsão para o segundo encontro é no ano que vem.

Leia mais: Hilarie Burton acusa Ben Affleck de assédio sexual

 

Continua após a publicidade
Publicidade