Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

“Sou uma sobrevivente”, diz Alexandria Ocasio-Cortez sobre agressão sexual

Em uma live no Instagram, a deputada por Nova York relacionou a postura de abusadores com a dos invasores ao Capitólio

Por Da Redação Atualizado em 3 fev 2021, 15h09 - Publicado em 3 fev 2021, 15h03

Alexandria Ocasio-Cortez, deputada democrata de Nova York, revelou aos seus seguidores nesta segunda-feira (1) que já sofreu agressão sexual. O caso foi compartilhado durante uma live que Ocasio fez em seu perfil no Instagram para falar a princípio sobre o ataque de extremistas ao Capitólio, que aconteceu no dia 6 de janeiro antes da posse de Joe Biden.

Para a congressista, os conservadores que se não aceitam o impeachment de Trump fomentam a violência que estruturou o ataque ao Capitólio, onde cinco pessoas perderam suas vidas.

O vídeo conta com mais de uma hora de transmissão e aproximadamente 5 milhões de visualizações. Assista abaixo:

View this post on Instagram

A post shared by Alexandria Ocasio-Cortez (@aoc)

“Sou uma sobrevivente de uma agressão sexual e não contei isso a muitas pessoas em minha vida”, desabafou Ocasio antes de relacionar a postura de um agressor sexual com a dos invasores. “Essas são táticas de abusadores, isso não se trata de diferenças políticas, mas sim de humanidade básica. Como sobrevivente, luto com a ideia de que acreditem.”

Alvo de contantes ofensas por parte de Donald Trump, Ocasio, que pertence à ala esquerda do Congresso, precisou se esconder no banheiro do seu escritório até que a escolta a levasse para um lugar mais seguro. Segundo ela, era possível ouvir uma voz masculina chamando o seu nome.

Katie Porter, outra deputada democrata, chegou a emprestar um par de tênis à companheira de partido, caso ela precisasse “correr por sua vida”. No momento, Ocaso disse que pensou: “só espero que eu consiga ser mãe. Espero não morrer hoje.”

  • Continua após a publicidade
    Publicidade