Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Em série na Netflix, Anitta revela que foi estuprada na adolescência

"Quando ele acabou, ele saiu, foi abrir uma cerveja", diz a cantora na série "Anitta Made in Honório" que estreou na Netflix

Por Da Redação 16 dez 2020, 11h37

Para quem acompanha os lançamentos da Netflix, já sabe que a série “Anitta Made in Honório” está disponível. Mas o que muitos não esperavam  é a revelação que a cantora faz ao longo da série que tem seis episódios: que foi estuprada aos 14 anos.

Logo nos primeiros episódios, Anitta conta o ocorrido, e optou por gravar o depoimento sozinha. Seguida por meses pela Netflix, ela quase não olha para a câmera, e detalha o dia em que o estupro ocorreu:

“Eu falei que não queria mais, mas ele não me ouviu. Ele não falou nada. Ele só seguiu fazendo o que queria fazer. Quando ele acabou, ele saiu, foi abrir uma cerveja, e eu fiquei olhando para a cama cheia de sangue. Faz muito pouco tempo que eu parei de achar que isso é culpa minha”, falou Anitta. 

Como é comum com vítimas de abuso, foram anos até ela ter coragem de contar para a família. Seu irmão Renan esclarece que Anitta pediu que eles não a encarassem enquanto ela falava.

Com poucas horas do lançamento, a série já se tornou um dos assuntos mais comentados no Twitter. Muitos fãs declaram apoio à cantora, e diziam estar admirados com a força que teve para revelar o crime.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade