Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Melhem divulga mensagens e quer provar amizade com Dani Calabresa

“Estou muito feliz de verdade. Te amo muito", diz uma das mensagens que Dani teria enviado, segundo reportagem da Folha

Por Da Redação Atualizado em 16 dez 2020, 10h42 - Publicado em 16 dez 2020, 10h36

“Me defendo onde?” O fato de se considerar “numa encruzilhada por parte da opinião pública” foi a justificativa do ator e diretor Marcius Melhem para reunir uma série de mensagens trocadas entre ele e a atriz Dani Calabresa na tentativa de desmontar a tese de que ela teria ficado traumatizada por assédio sexual.

Segundo reportagem da Folha, as mensagens, de 2017 a 2019, estão anexadas a uma notificação extrajudicial encaminhada pela defesa do diretor ao email de Dani Calabresa. Seu objetivo é que ela confirme ou negue a veracidade das informações publicadas pela revista Piauí.

Numa longa matéria publicada em 4 de dezembro, a revista reconstitui, com base em fontes não identificadas, o assédio sexual praticado sistematicamente por Marcius Melhem contra Dani Calabresa e outras vítimas. Mais de 40 pessoas foram ouvidas pela reportagem da revista.

Essa notificação, segundo a reportagem, seria uma medida preparatória dos advogados defesa de Melhem para levar a questão para esfera judicial, num processo contra a atriz e contra a revista.  Não há nada tramitando na Justiça por enquanto. Segundo nota da advogada de Dani, Mayra Cotta, a notificação é uma estratégia comum nesses casos”

Melhem foi demitido da Rede Globo em agosto deste ano, após ficar afastado por cinco meses do trabalho. Ao todo, ele ficou 17 anos na emissora e foi chefe de Dani.

Uma das sete mensagens anexadas é de 12 de novembro de 2017, oito dias depois das festa com o episódio de assédio sexual  relatado pela Piauí em que ele teria tentado agarrá-la, imobilizando-a para forçar um beijo. Segundo a revista, assustada, Dani teria cerrado os lábios e virado o rosto, e Melhem teria dado uma lambida em seu rosto e tirado o pênis para fora da calça.

Continua após a publicidade

“Chefe, estou mandando este áudio para agradecer a mensagem linda que você mandou no grupo. Todas as mensagens que você manda sempre de apoio e de carinho. Nossa, você não tem ideia como fico feliz de saber que você me acha talentosa. Eu sou sua fã para caralho”, afirma ela, na mensagem, divulgada pela reportagem da Folha.

Na mesma mensagem ela ainda diz que o ama e agradece o chefe pelo trabalho tão legal. “Estou muito feliz de verdade. Te amo muito. Um beijo para as suas filhinhas lindas. Vamos para a Disney juntos”, diz o texto da mensagem anexada.

As mensagens, segundo a defesa, apontam uma relação saudável com afeto e respeito. Os diálogos anexados ainda trazem trechos de mensagens de 2018 de Dani, um ano depois da festa. “Ai, te aminho muito, muitas saudades, pena que a gente se encontra pouco, mas eu sinto uma  intimidade que, assim, eu posso mandar áudio, eu posso mandar mensagem a qualquer hora.”

Com base nessas conversas por mensagem, o diretor diz que quer saber se Dani confirma tudo o que está na reportagem da Piauí.

“ Não posso ser julgado pelo tribunal das redes sociais. Isso é linchamento, inquisição. Estou pedindo para ser julgado. Quando alguém acusado de um crime tem que ficar imploram a pedindo para ser julgado?”, disso o ator à Folha. Segundo a advogada de Dani Calabresa, a atitude de Melhem quer intimidar “não apenas uma vítima específica mas outras que permanecem protegidas sob sigilo”.

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade