Pai de Meghan Markle procura rainha Elizabeth para tentar reconciliação

‘Mando mensagem todo dia’, afirmou Thomas Markle sobre tentar contato com Meghan

O pai de Meghan Markle, Thomas Markle, entrou em contato com a rainha Elizabeth II nesta segunda-feira, 17, para pedir que ela o ajude a se reaproximar da filha. As informações são da Reuters.

Recentemente, ele chegou a expor alguns detalhes íntimos da relação familiar. Thomas não tem uma boa relação com a família real britânica e já falou mal da realeza diversas vezes. Agora, está em uma espécie de campanha pública para fazer com que a filha volte a falar com ele.

Em uma longa entrevista ao tabloide Daily Mail, ele disse frases polêmicas. “Fui congelado e não posso ficar em silêncio. Fiz dezenas de tentativas para chegar à minha filha por meio de texto e cartas, mas ela e Harry levantaram uma parede de silêncio. Eles fizeram o que disseram para eu não fazer – estão acreditando em tudo de negativo que foi escrito sobre mim “.

 (Reprodução/Reprodução)

Segundo a reportagem, a duquesa de Sussex não entra em contato com o pai há meses e sequer responde suas mensagens. “Por favor, me procure. Amo muito minha filha, e ela tem que saber disso. Só me mande uma mensagem”, pediu.

Ele diz que tentou várias formas de contato com a duquesa de Sussex. “Pedi a ela que atenda o telefone. Escrevi uma carta de duas páginas e enviei-a por meio de seu representante em Los Angeles… Eu até entreguei uma carta para Doria [mãe de Meghan] perguntando por que nossa filha não fala comigo.”

Ainda de acordo com a Reuters, Thomas não falou sobre as mágoas do passado, mas afirmou que está disposto a resolver os problemas familiares e supõe que a rainha aceitará ajudá-lo. “Eu agradeceria qualquer coisa que ela possa fazer”, disse.

Na época do casamento de Meghan, ele desistiu de ir à cerimônia dias antes por conta de uma cirurgia cardíaca.

Leia maisPai de Meghan Markle faz revelação polêmica sobre a filha

+ Meghan Markle assiste à novela com rainha Elizabeth II