Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Oprah Winfrey desabafa sobre estupro na infância: “mantive esse segredo”

Na série "The Me You Can't See", a apresentadora contou que a violência foi cometida por um primo, quando ela tinha apenas 9 anos de idade

Por Da Redação Atualizado em 24 Maio 2021, 19h11 - Publicado em 24 Maio 2021, 19h08

Com o lançamento da série documental The Me You Can’t See sobre saúde mental, diversos traumas foram compartilhados por personalidades convidadas e por seus apresentadores: o príncipe Harry e Oprah Winfrey, que também é responsável pela direção e criação da série, recém-lançada da Apple TV+.

Na produção, a apresentadora compartilhou um triste episódio da sua vida pessoal. Oprah contou que sofreu um estupro , aos 9 anos de idade, por um familiar.

“Aos 9, 10, 11 e 12 anos fui estuprada por meu primo de 19 anos. Eu não sabia o que era estupro. Eu não tinha ideia do que era sexo. Eu não tinha ideia do que estava acontecendo comigo. Eu mantive esse segredo… é apenas algo que aceitei, que uma menina não está segura em um mundo cheio de homens”, lamentou aos prantos. 

Quem salvou a jornalista americana foram os professores que, na época, notaram algo diferente nela durante as aulas. “Por muitos anos da minha vida, esse foi o único lugar em que realmente me senti amada. É por isso que durante tantos anos quis ser professora, para poder dar a outras crianças o que meus professores me deram”, falou sobre a relação com o espaço de educação.

Após a série, Oprah levantou o assunto novamente em uma entrevista ao jornal Today. “Por ter sido criada do jeito que fui, porque fui abusada sexualmente, estuprada, que tenho a simpatia pelas pessoas que passaram por isso. É porque fui criada pobre, sem água corrente, ter ido para o fundo do poço e ter ficado fraca, que tenho alguma compaixão por quem passou por isso. E assim passei a ter uma compreensão mais ampla e um profundo apreço por cada pequena e grande coisa que tenho agora”, afirmou ao veículo.

Assim como Oprah, a maioria das vítimas de estupro foi abusada por uma pessoa próxima. Segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado em 2019, 76% dos casos de estupro de vulnerável, quando o crime é praticado por um adulto contra uma criança ou adolescente com menos de 14 anos, o estuprador é uma familiar ou amigo da família da vítima.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade