Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Meghan Markle revela o que a ajudou a enfrentar tensões

O suporte que a duquesa encontrou também é muito importante para o seu filho mais velho, o Archie

Por Da Redação Atualizado em 18 jun 2021, 11h13 - Publicado em 18 jun 2021, 11h00

Dor, crescimento e gratidão. Essas são as três palavras que definiram o ano de 2020 de Meghan Markle. Ela deixou bem claro isso no prefácio de revisão anual da Fundação Mayhew, iniciativa que busca a proteção e bem-estar dos animais.

Ainda que o início do ano tenha sido turbulento, a duquesa de Sussex tem vários motivos para comemorar, como o nascimento da sua filha Lilibet Diana e o sucesso do livro The Bench, que está em primeiro lugar na lista dos mais vendidos do The New York Times

A obra foi inspirada em um poema de Dia dos Pais para o marido, príncipe Harry. E não é a primeira vez que a duquesa cria um best-seller, viu? O livro Juntos: Nosso livro de receitas da comunidade, escrito em 2018, também foi um sucesso de vendas da categoria não-ficção pela Amazon e The Bookseller.

Em The Bench, Meghan Markle chegou até deixar uma referência de sua segunda filha, a Lilibet. Bem no final do livro, elas aparecem em um jardim, enquanto Harry e o filho mais velho, Archie, alimentam algumas galinhas sentados em um banco.

The Bench

Já sobre o ano passado a companhia de um animal de estimação ajudou muito a duquesa. “Quando reflito sobre 2020, sempre volto à importância da comunidade e da conexão. Podemos ter sido forçados a nos separar, mas encontramos novas maneiras de ser próximos e apoiar uns aos outros nesta crise compartilhada. Para muitos de nós, isso ficou ainda mais fácil com nossos animais de estimação ao nosso lado”, destacou a duquesa, que é patrona da instituição de animais há 3 anos.

Continua após a publicidade

Ela ainda completou sua escrita dizendo.“À medida que construímos coletivamente o futuro, minha sincera esperança é que o façamos com apoio e apreço contínuos por organizações como a Mayhew, que continuam seu trabalho vital em dias de crise e calmaria. Seu compromisso com a causa do bem-estar animal é constante e seu efeito no bem-estar da nossa comunidade é evidente. “

O filho de dois anos de Meghan, Archie, também compartilha um grande amor pelos animais. De acordo com uma fonte da People, o garoto se considera melhor amigo dos cães, brinca e ri muito com eles. Uma curiosidade é que a primeira visita de Meghan a Mayhew foi durante a gravidez de Archie, o que pode explicar a ligação do pequeno com os pets.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade