Clique e assine com até 75% de desconto

Jennifer Lopez ganha processo de US$ 40 milhões por filme “As Golpistas”

Mulher que teve sua vida usada como inspiração para o filme abriu uma ação contra a produtora de JLO, responsável pelo filme

Por Da Redação Atualizado em 12 nov 2020, 22h38 - Publicado em 13 nov 2020, 09h00

Pela sua produtora, Jennifer Lopez precisou resolver um problema com a Justiça estadunidense. A cantora e atriz foi processada por conta do filme Hustlers (em português, As Golpistas), que produziu e atuou em 2019.

A ação foi movida pela stripper Samantha Barbash, que teve a sua história de vida publicada em um artigo da New York Magazine. A matéria trazia histórias de stripper em Nova York que drogavam os clientes para usar seus cartões de crédito. A publicação, por sua vez, inspirou o roteiro do filme.

De acordo com o Entertainment Weekly, o juiz do Tribunal Distrital dos Estados Unidos do Distrito Sul de Nova York rejeitou a ação de Samantha, na qual, se acatada, daria a ela 40 milhões de dólares.

Samantha abriu o processo em janeiro deste ano contra a Nuyorican Productions, que é a produtora da cantora, e outras empresas envolvidas com o filme, como a STX Entertainment, Gloria Sanchez Productions e Pole Sisters LLC. Segundo documentos obtidos pela People, a denunciante alegou que teve sua imagem explorada no filme.

Além disso, no processo, Samantha aponta que sua história foi difamada, já que a personagem que a representa usa e fabrica substâncias ilegais dentro da casa onde mora com o filho.

Com Lizzo, Keke Palmer, Lili Reinhart  e Julia Stiles também no elenco, As Golpistas ultrapassou as expectativas e rendeu à Jennifer Lopez uma indicação ao Globo de Ouro por sua atuação.

Continua após a publicidade

Leia também:

Alerta nostalgia! Relembre looks icônicos dos VMAs nos anos 1990 e 2000

O momento em que a filha de J-Lo foi símbolo político no Super Bowl

Inspirado em Jennifer Lopez, Rodrigo Cintra muda o visual de leitora

Estou com câncer de mama. E agora?

 

Continua após a publicidade
Publicidade