Harry ameaça processar imprensa (de novo) por foto de Meghan e Archie

Em carta enviada a jornalistas, os advogados do casal afirmam estar preocupados com a segurança dos duques com a constante presença de paparazzi.

Meghan Markle e príncipe Harry estão dispostos a tomarem medidas legais para garantir a sua privacidade após afastamento da realeza britânica. De acordo com o site americano TMZ, o casal deve processar os paparazzi por conta das fotos tiradas da duquesa de Sussex passeando com seus cachorros e com o pequeno Archie em Vancouver, no Canadá.

Em uma carta enviada à imprensa britânica na última terça-feira (21), os advogados do casal ameaçam processar veículos do país caso eles publiquem ou comprem fotos de Meghan, de seu filho, e dos cachorros. Como as imagens já foram publicadas – e já circularam em vários sites e portais –, eles afirmam que, definitivamente, haverá um processo judicial.

“Há sérias preocupações relacionadas à segurança sobre como os paparazzi estão dirigindo e o risco à vida que eles oferecem”, disse a nota, fazendo uma clara referência à princesa Diana, que morreu em um acidente de carro após ser perseguida por fotógrafos, em 1997.

Além disso, os duques também afirmam que o mesmo paparazzi que tirou as fotos da caminhada de Meghan esteve escondido em arbustos, espionando a duquesa, e que outros fotógrafos montaram um acampamento do lado de fora da casa do casal, em Vancouver.

A privacidade de Harry e Meghan era protegida por leis bastante rigorosas quando eles viviam no Reino Unido. A legislação britânica proíbe fotógrafos de tirarem fotos de membros da realeza quando não estão fazendo aparições oficiais.

Apesar das leis canadenses serem diferentes, de acordo com o TMZ, é possível que o casal consiga seguir em frente com o processo oficial pelo uso de lentes teleobjetivas em locais onde Meghan esperava ter privacidade. O fato de a duquesa ter caminhado em um parque público não significa, necessariamente, que eles têm permissão para fotografá-la.

Essa não é a primeira vez que os duques de Sussex tomam medidas legais contra a imprensa britânica. No ano passado, Meghan entrou com um processo contra um jornal por divulgar uma carta confidencial destinada a seu pai. Além disso, a duquesa também acionou a Justiça contra o Mail on Sunday, por por fabricar falsas histórias para criar uma negativa imagem de sua pessoa – como as matérias que revelam os excessivos gastos de Meghan e Harry na reforma de sua casa ou do vultuoso chá de bebê organizado em Nova York.

Já Harry processou o jornal The Sun por um suposto hackeamento de celulares que envolveu não somente números da Família Real, mas de outras celebridades, nos anos 2000. Segundo a revista People, o processo pode ser fruto das preocupações de Harry com sua família. “Ele está buscando meios de proteger Meghan e está preocupado com Archie. Ele quer proteger seu lar e esta é a única maneira que encontrou de fazer isso”, contou uma fonte na época.

Horóscopo: Previsões astrológicas para todos os signos em 2020