Clique e assine com até 75% de desconto

Fina Estampa: Crô se apaixona loucamente por Baltazar

Ele vê o vizinho nu e fica caidinho. E passa a fugir do motorista, que estranha seu comportamento

Por Redação M de Mulher Atualizado em 16 jan 2020, 16h18 - Publicado em 28 fev 2012, 21h00

Cro vê Baltazar nu e fica apaixonado. O mordomo passa então a evitar a presença do motorista
Foto: TV Globo/Divulgação

Enquanto Celeste (Dira Paes) prepara o café da manhã, Crô (Marcelo Serrado) resolve dar uma bisbilhotada na casa da vizinha. Seu objetivo é checar os objetos cafonas do recinto, mas… Ao entrar no quarto da amiga, dá de cara com Baltazar (Alexandre Nero) saindo do banho e completamente nu.

O mordomo coloca a mão na boca, sufocando o grito, e cai de joelhos. Baltazar coloca uma toalha na frente e tira a biba, em transe, da sua frente.

Ao chegar em casa, Crô se ajoelha em frente ao altar da Madonna e implora: “Aquilo, sim, o Michelangelo devia ter pendurado no David! Minha Santa Madonna de La Isla Bonita, não me faça passar por esse castigo… Por favor, não permita que me apaixone pelo Zoiudo!!! Seria uma crueldade do destino”.

Apesar de seu fervor, suas “preces” não são atendidas. A partir do “fatídico” dia, Crô não consegue tirar o motorista da cabeça. A situação fica tão séria, que o mordomo começa a fugir de Baltazar. Se o Zoiudo entra na mesma van que ele, Crô sai. No trabalho, ele pede que as brincadeiras cessem e os apelidos também. “O senhor tá proibido de falar ou olhar pra minha pessoa! Entendido?”, diz Crô, deixando o amigo surpreso.

O pior é que o gelo de Crô acaba incomodando Baltazar, que passa a espionar a casa do colega de trabalho pela janela. E chega a admitir, para ele mesmo, que sente falta das implicâncias da biba. “Não sei o que aconteceu… Mas desse jeito… Tá perdendo toda graça”, sussurra. Será que vai rolar?

Continua após a publicidade
Publicidade