Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Bruna Marquezine fala sobre estupro:”Mulheres acreditam que a culpa é da vítima e isso é assustador”

Atriz da série Nada Será Como Antes fala de assédio e cultura do estupro

Por Elisa Duarte - Atualizado em 21 jan 2020, 04h32 - Publicado em 27 set 2016, 10h18

Convidada do programa encontra desta terça-feira (27) Bruna Marquezine falou sobre assédio e machismo. A jornalista e apresentadora Fátima Bernardes começou a conversa com os seguintes dados:

30% dos brasileiros entrevistados acham que a mulher é culpada pelo estupro e que ela não pode reclamar quando usa algum tipo de roupa provocativa. Entre os entrevistados, 42 %   dos homens e 32% das mulheres dizem ‘’quem se dá o respeito não é estuprada’’. São 50 mil casos de estupro no Brasil e 6 a cada 10 conhecem o agressor.

Depois, Fátima lembrou que Bruna fez um post nas redes sociais com a seguinte frase “Não ensinem as mulheres a não ser estupradas. Ensinem os homens a não estuprar”.  E chamou a atriz para a discussão. 

 ‘’Mulheres também acreditam que a culpa é da vítima e isso é assustador. As mulheres têm direito de usar o que elas quiserem, e isso não dá direito a ninguém em encostar nelas sem permissão. É uma questão muito delicada e é necessário falar sobre isso, apoiar as campanhas”, disse a atriz, seguida do comentário de Babi Souza, criadora do movimento Vamos Juntas.

“Até essa situação que eu vejo dentro do movimento feministas de mulheres julgando outras que acreditam que a culpa do estupro é da mulher. A gente esquece que nós vivemos numa sociedade muito sexista. As mulheres também acabam reproduzindo o machismo pelo  mesmo fato que dos homens. E a gente não percebe… quando a gente está falando que outra mulher foi culpada nós estamos falando de nós mesmas.” 

 

Continua após a publicidade
Publicidade