Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

As atrizes mais bem pagas do mundo ainda ganham menos que os homens

A lista anual de atores e atrizes mais bem pagos do mundo, feita pela Forbes, mostram grande desigualdade salarial na indústria cultural

Por Da Redação - Atualizado em 14 out 2020, 15h09 - Publicado em 14 out 2020, 11h48

A Forbes divulgou, no início deste mês, a lista das 10 atrizes mais bem pagas do mundo em 2020. Em agosto, a revista já havia divulgado o ranking masculino. Comparando as duas, o que chama mais atenção é que a indústria cultural também reproduz a desigualdade salarial existente no mercado de trabalho.

Segundo o M(Dados), núcleo de análise de grande volume de informações do jornal Metrópoles, unindo todas as atrizes mais ricas do mundo, elas ganham 46% menos do que os atores mais bem pagos.

No ranking geral, unindo homens e mulheres, o líder é Dwayne Johnson, com 87,5 milhões de dólares (cerca de 486,5 milhões de reais). Já Sofia Vergara, que lidera entre as mulheres, aparece atrás do 8º ator com a maior arrecadação do ano, com 43 milhões de dólares (cerca de 239 milhões de reais).

Ainda de acordo com a Forbes, as dez mulheres juntas receberam 291,5 milhões de dólares a menos que os dez homens juntos. Veja a lista completa abaixo:

  1. Dwayne Johnson (87,5 milhões de dólares);
  2. Ryan Reynolds (71,5 milhões de dólares);
  3. Mark Wahlberg (58 milhões de dólares);
  4. Ben Affleck (55 milhões de dólares);
  5. Vin Diesel (54 milhões de dólares);
  6. Akshay Kumar (48,5 milhões de dólares);
  7. Lin-Manuel Miranda (45,5 milhões de dólares);
  8. Will Smith (44,5 milhões de dólares);
  9. Sofia Vergara (43 milhões de dólares);
  10. Adam Sandler (41 milhões de dólares);
  11. Jackie Chan (40 milhões de dólares);
  12. Angelina Jolie (35,5 milhões de dólares);
  13. Gal Gadot (31,5 milhões de dólares);
  14. Melissa McCarthy (25 milhões de dólares);
  15. Meryl Streep (24 milhões de dólares);
  16. Emily Blunt (22,5 milhões de dólares);
  17. Nicole Kidman (22 milhões de dólares);
  18. Ellen Pompeo (19 milhões de dólares);
  19. Elisabeth Moss (16 milhões de dólares);
  20. Viola Davis (15,5 milhões de dólares).

A metodologia usada pela revista Forbes para fazer as estimativas de ganhos é baseada em dados da Nielsen, Box Office Mojo e IMDB, além de ComScore, no caso do ranking masculino. Também foram feitas entrevistas com especialistas do setor e os pagamentos de agentes, gerentes e advogados não foram deduzidos.

As plataformas de streaming, como Netflix, Hulu, HBO Max e Amazon Prime Video desenvolveram papéis importantes para o faturamento da maior parte dos atores (homens e mulheres). Elas foram responsáveis pelos salários de 14 dos 20 dos profissionais da lista da Forbes.

A desigualdade de gênero na indústria cultural não é uma novidade. Em 2018, por exemplo, a atriz Claire Foy, conhecida por ter interpretado a Rainha Elizabeth nas duas primeiras temporadas de The Crown, recebeu menos que Matt Smith, que interpretou o príncipe Philip. No mesmo ano, segundo o jornal USA Today, Mark Wahlberg teria ganhado 1.500 vezes mais do que Michelle Williams para as refilmagens de Todo o Dinheiro do Mundo.

O que falta para termos mais mulheres eleitas na política

Continua após a publicidade
Publicidade