CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

7 dicas para a dieta dar certo

Aprenda a enfrentar a ansiedade e outros obstáculos que impedem a dieta de dar certo

Por Redação M de Mulher Atualizado em 17 jan 2020, 14h38 - Publicado em 12 jul 2011, 21h00

Aprenda a controlar a ansiedade e coma com moderação
Foto: Dreamstime

Perder peso não é fácil, mas será que você não está desistindo do seu objetivo logo no primeiro obstáculo? “Encontrar estratégias que se encaixem com a forma como você gosta de se alimentar é a melhor maneira de emagrecer”, explica a nutricionista norte-americana Barbara Rolls, autora do livro A Dieta Volumétrica (ed. BestSeller).

Ela defende que comer grandes porções de alimentos saudáveis é muito melhor que comer pouco e se privar das guloseimas. Barbara elaborou uma lista com os sete segredos que fazem uma dieta dar certo e revela a seguir cada um deles a você.

E aí, preparada para entrar naquela calça jeans um número menor?

Para sua dieta dar certo…

1. Aprenda a driblar sua ansiedade

· É muito comum descontar os sentimentos na comida, mesmo já estando satisfeita. Tente manter a calma e perceber se você está comendo por fome ou por outros motivos. Se este último é o seu caso, tenha força de vontade para se segurar!

· Exercícios de respiração, meditação, relaxamento muscular e atividades físicas regulares ajudam a segurar a vontade de comer por pura gula.

2. Veja se você não está comendo demais e se mexendo de menos

· Você se exercita com frequência, ou costuma ceder à preguiça? Dê-se uma chance de mudar!

· Se você sente dificuldade em fugir de doces, biscoitos ou salgadinhos, tente retirá-los de sua casa. Reserve-os para um momento do dia ou coma fora de casa.

· Bateu aquela vontade de comer doce? Não compre meio quilo de chocolate! Um tablete pequeno já mata a gula, além de ser mais fácil de controlar.

7 dicas para a dieta dar certo

Anote toda a sua rotina de exercício físico
Foto: Dreamstime

3. Mantenha um diário alimentar e de exercícios

· Anote tudo o que você come (até lanchinhos!) e como você se sente: satisfeita, “pesada”, com fome logo depois…

· Faça trocas de alimentos com frequência. Comente se o novo item satisfaz por mais tempo, por exemplo.

Continua após a publicidade

· Escreva também sobre suas atividades físicas: são leves ou intensas? Anote as dificuldades em realizá-las.

4. Trabalhe seus pensamentos e sentimentos

· Tente enxergar as coisas de forma positiva e trace planos realistas de perda de peso. Não exija demais de você: esse tipo de coisa só nos deixa ainda mais frustradas.

· Não permita que sua felicidade e seu bem-estar dependam apenas da perda de peso. Assim, você controla a ansiedade e não desconta sua raiva na comida.

· Comeu uma coxinha a caminho do trabalho? Nada de pensar: “Já errei, agora posso comer qualquer coisa o dia inteiro”. Troque a atitude por: “Ok, comi uma coxinha, mas, se fizer boas escolhas daqui pra frente, posso terminar o dia com saldo positivo”. Não se martirize pelos erros, apenas se esforce para consertá-los.

5. Envolva-se com familiares e amigos

· Pessoas que gostam de sair ou receber amigos em casa se saem melhor na perda de peso. Trabalhe nos relacionamentos, seja voluntária em ONGs, faça cursos, encontre sempre os amigos. Assim, você percebe que pessoas são mais importantes que comida e a tendência é passar a usá-la menos como conforto.

· Peça a um amigo ou familiar para fazer a dieta com você ou combine de fazerem juntos alguma atividade física. Pratique um esporte em grupo, como vôlei ou dança. Vale até entrar em grupos de emagrecimento, como Meta Real, CREEO ou Vigilantes do Peso.

7 dicas para a dieta dar certo

Não deixe de lado a atividade física!
Foto: Dreamstime

6. Mexa-se já!

· Quem começa a se exercitar se sente melhor: percebe logo as mudanças no corpo, passa a gostar mais de si mesma, preocupa-se mais com seu bem-estar e em ter qualidade de vida.

· Não deixe a preguiça te derrubar! Faça caminhadas, passeie de bicicleta, ande até um ponto mais distante de ônibus, suba os andares de escada, brinque com as crianças, saia para dançar… Uma dessas atividades certamente a fará feliz.

7. Tenha um plano B

· Faça um plano para as horas de recaída, como festas ou feriados. Perceba como você se comporta e pergunte-se: “O que aprendi? O que posso fazer para melhorar? Estou disposta a não exagerar?”. Mantenha-se positiva e, se conseguir seguir o plano, dê-se uma pequena recompensa (não vale ser comida!).

· Ninguém perde peso todos os dias por meses. É normal que algumas semanas sejam melhores que outras. E isso não significa que você esteja fazendo algo errado. Aceite isso e siga em frente.

Continua após a publicidade

Publicidade