Assine CLAUDIA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Conversa de Vó Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Natália Dornellas é jornalista, podcaster e ativista da longevidade. Procura por avós e avôs para prosear e histórias de #avosidade para contar. É criadora do podcast Conversa de Vó e cofundadora da plataforma 40+ AsPerennials
Continua após publicidade

Já conhece a Dama Verde?

Artista plástica do Brooklyn se veste de verde há cerca de 20 anos e virou atração

Por Natalia Dornellas
20 dez 2022, 09h59

 De passagem pelo Brooklyn, em Nova York, faça a pergunta do título aos locais e muito provavelmente vai saber por onde anda Elizabeth Sweetheart, uma senhora delicada e muito doce que há década se veste com um verde limão brilhante que vai dos fios de cabelo às unhas, passando pelas peças de roupa.  

green lady
Elizabeth aposta no verde em tudo: roupas, unhas e até cabelos. (Reprodução/Instagram)

“Acabo de ficar mais verde, não posso usar nenhuma outra cor”, disse ela ao The New York, em frente à sua casa na rua Nelson, quando acabara de chegar do salão, onde pinta as madeixas religiosamente. Ali, as portas e as escadas foram pintadas de verde para combinar com grande parte do interior, que tem cozinha com tapete verde, lata de lixo verde, utensílios… até a embalagem de aveia e o estojo de comprimidos são verdes, como se pode ver nas fotos.

Elizabeth Sweetheart - casa verde
Achou que era apenas nas roupas? A casa também é toda decorada com a cor. (Reprodução/Instagram)

Com seus cerca de 1,50m, a Dama Verde ou Mr. Sweetheart tem 74 anos e é uma espécie de fada que faz aquarelas minúsculas e trabalha criando estampas manuais para estilistas e fabricantes de roupas, como Ralph Lauren, American Eagle Outfitters e Jones New York.

Continua após a publicidade
Elizabeth Sweetheart - casa verde
Por conta de seu visual e alegria, Elizabeth é bastante conhecida no Brooklyn, bairro onde vive. (Reprodução/Instagram)

E por que o verde? É ela própria quem responde. “É uma cor suave. Não tem nenhuma negatividade e funciona para mim. Meus olhos são sensíveis à cor e luz. Gosto de coisas brilhantes e felizes”, diz.

Gentil como poucos, ela percebeu que as pessoas se interessavam por sua vida e queriam sempre ser fotografadas com ela, por isso criou um perfil no Instagram onde posta as selfies nas quais é protagonista. O @greenladyofbrooklyn é um ótimo refresco para dias cinzentos.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

O mundo está mudando. O tempo todo.
Acompanhe por CLAUDIA e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.

Acompanhe por CLAUDIA.

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 12,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.