CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Reforma deixa apartamento com jeito de casa

Com um interessante mix de revestimentos e peças de garimpo na decoração, o projeto valoriza a história de seus moradores e a vida ao ar livre

Por Redação / CASACOR Atualizado em 10 fev 2022, 13h40 - Publicado em 28 jan 2022, 09h00
apartamento com cara de casa no rio de janeiro
divulgação/CASACOR

Uma planta mais prática com ambientes integrados para deixar mais prazeroso o dia a dia de uma jovem família. Foi esse o pedido ouvido pelos arquitetos Beto Figueiredo e Luiz Eduardo Almeida, sócios na Ouriço Arquitetura e profissionais do elenco CASACOR

apartamento com cara de casa no rio de janeiro
divulgação/CASACOR
apartamento com cara de casa no rio de janeiro
divulgação/CASACOR

“Buscamos neste projeto de reforma um tom despojado, atemporal, que privilegiasse a ligação com o jardim e a vista verde do amplo terraço, onde estão a piscina e a área de lazer” explica Beto Figueiredo.

apartamento com cara de casa no rio de janeiro
divulgação/CASACOR
apartamento com cara de casa no rio de janeiro
divulgação/CASACOR

Localizado no bairro de Ipanema, na Zona Sul carioca, o triplex manteve no primeiro piso a área social, com cozinha e dependências – tudo bem integrado. Já no segundo andar, ficaram uma sala íntima de TV e o terraço e, no terceiro, os quartos da família.

Continua após a publicidade

apartamento com cara de casa no rio de janeiro
divulgação/CASACOR
apartamento com cara de casa no rio de janeiro
divulgação/CASACOR

“Imprimimos, em todo o projeto, um mix de revestimentos clássicos, atemporais, com peças de design e garimpos de antiguidades – desenhando, justamente, um conjunto de estilos que tornam os ambientes mais pessoais e menos padronizados. Há um ar de casa, um clima intimista, acolhedor, de casa decorada aos poucos, com escolhas afetivas” afirma o arquiteto.

apartamento com cara de casa no rio de janeiro
divulgação/CASACOR
apartamento com cara de casa no rio de janeiro
divulgação/CASACOR

Outro grande ponto de destaque no imóvel é a escada. Sua estrutura foi toda refeita para que se tornasse mais leve e escultural. Embaixo dela, uma jabuticabeira traz um pouco de verde para o interior da casa. E, lá no alto, uma claraboia dá à luz que a árvore precisa para que seus galhos cresçam e ela possa frutificar.

“É uma árvore com frutos, que cresce, se desenvolve, e está sempre mudando: um ser vivo na casa, um alimento para os olhos…” filosofa Beto, que durante a pandemia entrou para o time dos que fazem jardins internos até na própria casa.

apartamento com cara de casa no rio de janeiro
divulgação/CASACOR
Continua após a publicidade

Publicidade