CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Begônia Maculata: saiba como cuidar da planta queridinha do momento!

A espécie exótica é ideal para ambientes internos, mas exige cuidados específicos

Por Nádia Simonelli Atualizado em 18 jul 2022, 11h30 - Publicado em 20 jul 2022, 08h00
begônia maculata como cuidar
reprodução/Pinterest

Com folhas verdes estampadas com bolinhas brancas, a Begônia Maculata tem uma estética exótica e inconfundível e, por isso, virou a planta-desejo dos adeptos do conceito urban jungle.

As folhas longas de formato estreito nas pontas, com o verso avermelhado, que contrasta com as pequenas manchas brancas, conferem um design único à planta e garantem um visual charmoso aos ambientes. Por isso, a espécie é frequentemente vista em perfis de redes sociais dedicados à decoração e dicas de botânica.

Tipicamente brasileira, a Begônia Maculata tem origem nas matas tropicais do sudeste e centro-oeste do país, onde o ambiente é caracteristicamente úmido, repleto de árvores e, portanto, sem incidência direta de luz solar, o que torna os ambientes internos ideais para essa categoria de Begônia.

Como cultivar a Begônia Maculata

begônia maculata como cuidar
Feey/Unsplash
Continua após a publicidade

De cultivo descomplicado, a Begônia Maculata demanda os cuidados básicos comuns das espécies indicadas para espaços internos. “O mais importante é se aproximar das condições de iluminação e umidade das matas de onde ela é originária. Ou seja, terra úmida e meia sombra”, afirma Elizeu de Almeida, especialista da rede de floricultura Esalflores. “As regas não precisam ser diárias. De três a quatro vezes por semana são suficientes desde que a terra não fique encharcada e, muito menos, ressecada”, acrescenta o profissional.

Além disso, a Begônia dá sinais quando os cuidados não estão sendo feitos corretamente. “As folhas murcham e reclinam significativamente se ela estiver precisando de água ou recebendo muito sol. É interessante também evitar locais que recebam muito vento para que a umidade permaneça por mais tempo”, diz o especialista.

Para simular o solo rico em nutrientes da Mata Atlântica, outra dica é adubar a terra. “A adubação pode ser feita com substrato de húmus por exemplo. Lembrando que também não é recomendado borrifar água diretamente nas folhas. O ideal é borrifar a uma distância acima delas para que cheguem reduzidas na folha, como seria a água da chuva em seu ambiente natural”, complementa.

Se você quer ter uma Begônica Maculata para chamar de sua, talvez se assuste um pouco com o preço, que gira em torno dos 100 reais. “É uma espécie de produção bastante limitada e a procura cada vez maior nas floriculturas deixa sua aquisição exclusiva”, explica Elizeu.

“Mas, sem dúvida, vale o investimento. Para aqueles que apreciam a presença das plantas em casa essa é uma espécie singular, que evidencia tanto a decoração quanto traz harmonia com sua beleza única. É como ter uma obra de arte da natureza em exposição”, completa o profissional da Esalflores.

Continua após a publicidade

Publicidade