Clique e assine com até 75% de desconto
Rachel Jordan Especializada em imagem, comportamento e protocolos internacionais, Rachel Jordan é consultora, instrutora, palestrante e ministra cursos e workshops por todo o Brasil sobre imagem e comportamento no ambiente profissional

Como reduzir a ansiedade e o estresse no ambiente de trabalho

A especialista mostra como o mindfulness, técnica que trabalha a atenção plena, pode ajudar no equilíbrio emocional

Por Rachel Jordan Atualizado em 17 nov 2020, 10h28 - Publicado em 17 nov 2020, 10h00

Todos os dias somos bombardeadas com demandas que exigem de nós serenidade e equilíbrio para não perdermos o foco no ambiente de trabalho. A lista de tarefas e metas a serem cumpridas são intermináveis e muitas vezes achamos que não daremos conta de tudo que chega às nossas mãos. O resultado de tamanha tensão é que mergulhamos num estado de estresse e ansiedade que coloca em xeque a nossa capacidade profissional e, principalmente, põe em risco a nossa saúde.

O que nos perguntamos nesses momentos em que tudo parece estar muito confuso é: como posso manter a calma e a concentração para enfrentar um dia inteiro de trabalho? A resposta pode estar no mindfulness, técnica de atenção plena inspirada na meditação budista, e que chegou ao ambiente profissional a partir de estudos do professor e pesquisador americano Jon Kabat-Zinn. Pesquisas mais recentes reforçam a tese de que o mindfulness tem se revelado um importante aliado das empresas para ajudar gestores e colaboradores a reduzirem a carga de estresse diária no trabalho.

Imagino que você deva estar se perguntando como aplicar a prática na sua rotina e quais são os ganhos reais do mindfulness. Primeiramente, é importante não esquecer que o mindfulness está associado ao que os especialistas chamam de atenção plena; ou seja, você estar totalmente focado no momento presente, voltado exclusivamente para a atividade que estiver desenvolvendo num determinado momento do seu dia, sem permitir que distrações ou interrupções tirem o foco do seu objetivo, que é relaxar sua mente para seguir o dia mais equilibrado.

Os benefícios da prática encontram respaldo em estudos científicos que evidenciam suas vantagens. Entre elas estão a melhoria do desempenho profissional, redução da exaustão física e emocional causada pelo estresse, mais envolvimento no trabalho e melhoria nas relações pessoais. O mindfulness trabalha positivamente os padrões cerebrais que atuam sobre a ansiedade e o estresse. A técnica nos coloca em contato direto com nossas emoções para que sejamos capazes de perceber as sensações do nosso corpo quando que elas estão acontecendo.

Como entusiasta da prática que vem sendo cada vez mais adotada por pessoas que buscam bem-estar e qualidade de vida, entendo que o mindfulness contribui para equilibrar as emoções e nos mostra caminhos para enfrentar os desafios diários. Os resultados apontam que, para desfrutar desses benefícios, basta que estejamos dispostas a parar em alguns momentos do dia para relaxar a mente, nem que seja por um, dois ou cinco minutos, durante nossas atividades de trabalho.

A ideia é que a gente consiga oxigenar nosso cérebro com exercícios de respiração e concentração, assim, enquanto estivermos focadas nesses movimentos, seremos capazes de perceber, através das nossas sensações, como funcionamos em determinadas situações. Arrisco dizer que também é um ótimo caminho para o autoconhecimento, para o controle das nossas emoções.

Continua após a publicidade

Um importante aprendizado para quem deseja começar a praticar o mindfulness é ter persistência, entender que é preciso foco e determinação para alcançar os benefícios que vão contribuir para melhorar seu rendimento profissional e seu bem-estar. Um dos segredos é fazer uma coisa de cada vez, não cair na armadilha de tentar resolver tudo ao mesmo tempo, o que só contribui para aumentar nosso estresse. Com certeza, ao se dar conta disso, você encontrará melhor equilíbrio e reduzirá possíveis erros em suas demandas.

Abaixo indico algumas sugestões que podem contribuir para atingir a atenção plena com o mindfulness.

Pausas durante as atividades

Se programe para ao longo do dia de trabalho fazer pausas estratégicas para a prática do Mindfulness. Mesmo que não possa sair do seu ponto de trabalho, pare, respire e se desligue mesmo que seja por um minuto. Foque sua atenção naquele momento, nas suas sensações. Certamente esse movimento lhe dará mais energia para seguir com suas tarefas.

Espaço de relaxamento

Muitas empresas já estão criando espaços de relaxamento para seus gestores e colaboradores. Caso seu trabalho não disponha desse espaço, crie um para você. Escolha um local onde possa estar em paz e focada por alguns minutos. Se possível, faça alguns minutos de meditação antes de começar suas atividades diárias. Isso ajudará a manter o foco e a calma.

Estabeleça prioridades

Antes de iniciar o trabalho, estabeleça os objetivos do dia. É uma técnica simples, mas que ajudará a manter o foco no que é prioridade e reduzirá seu grau de ansiedade e estresse.

Se desligue

Foque em você, não se preocupe o quanto o seu colega está adiantado ou se conseguiu entregar uma tarefa primeiro. Diminua o som do celular, desligue as notificações das redes sociais enquanto estiver focado numa demanda urgente. Sem distrações você conseguirá executá-las melhor e com equilíbrio.

Continua após a publicidade
Publicidade