Assine CLAUDIA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Strip-tease passo a passo: aprenda a dominar a prática sensual

Mais do que apenas tirar as roupas e fazer carão, o strip-tease é uma maneira de reafirmar a própria autoestima através da dança

Por Kalel Adolfo
17 set 2022, 08h13

Nascido em meados de 1920, nos Estados Unidos, o strip-tease surgiu com a proposta de reverter a queda de popularidade dos teatros frente ao sucesso estrondoso do recém-criado cinema. A ideia deu tão certo, que não demorou muito para os espetáculos burlescos começarem a ser retratados nas próprias telonas. Inclusive, Gilda, clássico de 1946 estrelado por Rita Hayworth, foi o primeiro filme a abordar a prática sensual. “Neste longa, Hayworth tira apenas uma luva. Isso causou um enorme impacto, pois não se trata do que tiramos, e sim, como fazemos isso”, explica a sensual coach Fátima Moura.

Definitivamente, a obra cinematográfica dirigida por Charles Vidor é uma ótima forma de compreender a essência desta dança provocativa — que vai muito além de apenas tirar as roupas fazendo caras e bocas.

Strip-tease: o que realmente significa?

Segundo Fátima Moura, a tradução literal de strip-tease é ‘despir e provocar’ com a finalidade de seduzir. “Inclusive, segundo pesquisas, o corpo em movimento atinge o seu pico de sensualidade. Mostrar o seu corpo através da dança e toques mexe tanto com os homens quanto com as mulheres. A diferença é que no strip feminino, a mulher dança para o homem, visto que eles são mais visuais. Já no strip masculino, os homens dançam com as mulheres, tocando e as envolvendo através da dança”, explica.

Passo a passo para fazer o melhor strip-tease de todos

Stripping Demi Moore GIF - Find & Share on GIPHY

1. Supere a timidez

Para Fátima, o primeiro passo é provavelmente o mais difícil de todos, pois acreditar em si mesma demanda que prestemos atenção em nossa autoestima. “Eu sempre recomendo colocar o strip aos pouquinhos em sua rotina. Comece usando uma lingerie diferente… Na hora de tirar um vestido, deixe ele escorregar lentamente. É realmente importante fazer as coisas no seu tempo, sem pressa”, aconselha.

Continua após a publicidade

Assim que estiver em contato com a própria eroticidade, confira um passo a passo e treine constantemente. “Quanto mais segura estiver na hora de dançar, mais fácil será de fazer. É necessário fazer a seguinte reflexão: ‘O que posso fazer para me sentir mais segura?’. Realize a dança por você, para, depois, dançar para os outros”, pontua.

2. Tenha vontade de dançar

Pode parecer óbvio, mas este é um passo que muitas pessoas esquecem. “Por isso reitero: o strip envolve todo um trabalho de autoestima, pois precisamos nos sentir confortáveis em provocar e sermos admiradas”, afirma Moura.

3. Escolha do figurino

Stripping Britney Spears GIF by Billboard Music Awards - Find & Share on GIPHY

A prática é sobre se sentir confortável na própria pele. Portanto, escolha figurinos que lhe gerem um senso de identificação. “Pode ser um vestido, sobretudo, uma camisa masculina, saia e blazer… A melhor roupa será aquela que conversa com o que você deseja mostrar”, recomenda.

Continua após a publicidade

Depois, vem a seleção de acessórios: a especialista alerta que as bijuterias não devem atrapalhar a retirada das roupas. Além disso, o sapato é um dos principais elementos do strip-tease: “Tiramos tudo, menos os calçados. Portanto, eles precisam valorizar os seus pés ao mesmo tempo que te deixam confortável para executar os movimentos.”

A escolha da maquiagem também deve ser levada em consideração: “É bom realçar os olhos porque dançamos o tempo inteiro olhando para a pessoa”, acrescenta.

4. Prepare o ambiente

Fátima indica que o strip-tease seja feito a meia luz. Para conseguir essa iluminação, é possível usar abajures ou velas. “Coloque a pessoa no sofá ou cama, e próxima dela, deixe um vinho ou prosecco acompanhado de taças. Também indico colocar umas frutas: elas são legais para interagir com quem está assistindo. Dá pra levar um morango ou uva à boca do parceiro, despertando outros sentidos além da visão”, aconselha.

Continua após a publicidade

Aliás, um strip-tease excelente é aquele que aguça os cincos sentidos do espectador: audição — através de uma boa música —, paladar — ativado com frutas ou bebidas —, olfato — despertado por seu perfume ou aroma do ambiente —, tato — estimulado pelos toques — e visão — que depende de tudo o que está acontecendo no ambiente.

5. Selecionando as músicas

A música precisa combinar com o estilo de roupa que estamos usando. “Aconselho usar canções mais lentas e bem marcadas. Ouça várias vezes até perceber quais são os pontos altos da música. Estes ápices da melodia serão os picos de sua performance”, afirma.

Confira algumas recomendações:

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

6. Movimentos de dança

Party Dancing GIF - Find & Share on GIPHY

Depois, analise o espaço que você tem para dançar. “Neste momento, é possível usar uma cadeira bem no estilo burlesque”, revela. Fátima esclarece que os movimentos podem ser bem parecidos com o “oito egípcio” da Dança do Ventre. “Trabalhe os quadris ao mesmo tempo em que toca o seu corpo. Passar a mão em si mesma é como dizer: ‘Olha o mulherão (ou homão) que está diante de você.”

Uma curiosidade: foi a artista burlesca americana Gypsy Rose Lee que criou o famoso trejeito de tirar a peça de roupa, girar e jogar no público.

7. Sinta o momento

Por fim, coloque seu charme no strip-tease. Fátima Moura declara que não dançamos apenas com técnica, mas também com a alma. “Goste dos movimentos executados, preste atenção aos detalhes. Quando nos movimentamos com a alma, transferimos todos os nossos desejos e pensamentos através do olhar”, conclui.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 12,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.