CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Solteiros estão mais exigentes com os dates, revela estudo

Depois de dois anos de pandemia, o cenário para quem busca um par é mais honesto, direto e criativo

Por Paula Jacob 28 jan 2022, 12h12

Deixar para responder depois, porque não quer demonstrar ~tanto~ interesse. Ficar enrolando para marcar um encontro. Desaparecer sem qualquer explicação (oi, ghosting). Nada disso parece fazer mais sentido depois de dois anos de pandemia – antes também não fazia, podemos concordar. Porém, o que os solteiros mais querem agora é ter trocas honestas e diretas com os possíveis parceires. O que influencia diretamente na criatividade na hora de chamar alguém para sair. 

Ao menos é o que indica o levantamento feito pelo Inner Circle. “Depois de quase dois anos com uma vida social restrita, muitas pessoas estão descobrindo que o esforço de se arrumar e sair é uma tarefa mais trabalhosa do que nunca”, explica Charly Lester, expert global em relacionamentos do aplicativo. Segundo ele, três tendências irão pautar os encontros em 2022:

Pesquisa revela as tendências para os encontros em 2022
Solteiros estão mais exigentes com os dates (Cena de “Como Perder um Homem em 10 dias”) Divulgação/Divulgação

Paquera verificada

Com a vida cada vez mais digital, é impossível não se preocupar com o famoso catfish – quando cria-se um perfil falso nas redes para enganar outras pessoas. Por isso, chamadas de vídeo e conversas por telefone ficam em alta. “Transparência e responsabilidade são o novo sexy”, diz Charly. 

Fazer o bem

E a dois (ou três, quatro…)! Sim, os dates engajados com a sociedade serão uma realidade. Nada de julgar antes de vivenciar as experiências de, ao menos, tentar salvar o mundo – nem que seja no seu bairro. Trabalhos voluntários, de quaisquer natureza, fazem com que os envolvidos retomem a máxima do “dar valor ao que importa”.

Sinceridade é tudo

Não que já não fosse, mas parece que (finalmente) falar o que se quer, pensa, sente e deseja virou regra de ouro na arte do flerte. Tudo culpa da geração Z, conhecida por ser bem mais direta a respeito do que quer ou não. Consequentemente, o universo dos relacionamentos fica influenciado por essa tendência comportamental. E aí, qual vai ser a sua preferida?

Continua após a publicidade
Publicidade