Assine CLAUDIA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Ejaculação feminina existe? Entenda o ‘squirt’ e se toda mulher pode ter

Esguichar é uma pratica pouco comum entre as pessoas do sexo feminino; entenda o que está por trás do fenômeno

Por Lorraine Moreira
28 Maio 2024, 15h00

Você já ouviu falar sobre ejaculação feminina? Conhecida por skirt (esguicho, em tradução), ela é uma resposta do corpo ao estímulo sexual. É, por vezes, confundida com lubrificação vaginal, representada exageradamente pela pornograia e um assunto tabu na sociedade.

Nesse cenário, muita gente quer descobrir: todas as mulheres podem ter squirt? Como saber se já tive uma ejaculação? O orgasmo é melhor com o esguicho? Aqui, explicamos tudo.

O que é a ejaculação feminina?

A ejaculação feminina, ou squirt, é o nome dado a liberação de fluidos pela vagina depois de um orgasmo. Embora seja muito evidente em vídeos pornôs, apenas uma em cada 10 mulheres conseguem esguichar na vida real. Aliás, parte desse pequeno número sequer esguicha – apenas molha bastante a superfície onde estão.

Apesar de não ser o mesmo que xixi, a urina é o principal componente do líquido liberado, segundo uma pesquisa da International Journal of Urology. O squirt também pode conter fluido espesso e esbranquiçado, que é liberado pelas glândulas de Skene (a “próstata feminina”).

“No momento do orgasmo, acontece uma contratura da musculatura pélvica e, eventualmente, essa contratura leva à saída da secreção, que provém das glândulas de Skene, localizadas ao lado da uretra”, segundo o médico Igor Padovesi, doutorando em ginecologia pela Unifesp e membro sênior da European Society of Aesthetic Gynecology (ESAG).

De acordo com o especialista, a quantidade de estudos sobre o tema é muito pequena e o assunto está muito mais ligado à desinformação do que à ciência.

Continua após a publicidade

A ejaculação feminina é igual a masculina?

A ejaculação feminina e masculina são bastante diferentes. “A feminina acontece pouco, em poucas mulheres. E, mesmo naquelas que vivenciam o squirt, não é em todas as relações, como é para o homem”, explica o médico. Para ele, a pornografia acaba criando uma imagem irreal sobre esse acontecimento.

O que a mulher sente quando vai ejacular?

Antes de ejacular, a mulher sente vontade de fazer xixi. É que as glândulas de Skene estão muito próximas à bexiga, o que facilita seu estímulo por consequência. Quando essa sensação passa, elas sentem o prazer devido ao orgasmo.

Ejaculação feminina
Ejaculação feminina é diferente da masculina (cottonbro studio/Pexels)

Como diferenciar a ejaculação feminina da lubrificação vaginal?

A ejaculação é ligada ao orgasmo, e a lubrificação é ligada à excitação, como pontua o doutorando. “A lubrificação tem a função de favorecer o ato sexual, de lubrificar para penetrar. A ejaculação, por outro lado, é uma resposta ao orgasmo”, diz ele.

O orgasmo feminino obrigatoriamente esta ligado a ejaculação feminina?

O orgasmo da mulher não está associado a nenhum tipo de ejaculação. “O squirt é uma exceção, pode ocorrer vez ou outra”, não deixa negar o profissional. “A intensidade do orgasmo varia, o que pode influenciar na chegada ou não do squirt. Alguns profissionais comparam o orgasmo com um espirro: tem espirro que é “atchim” e tem aqueles que são “atchhhhhiiiiim”.

Menopausa impacta na chance de ter ejaculação

Depois da menopausa, a resposta sexual, a excitação e a lubrificação ficam menores. E isso tem impactos na intensidade da sensação orgástica, portanto do prazer, conforme Igor. Além disso, fica mais difícil ter um squirt.

O sexo fica mais gostoso com squirting?

Não necessariamente experenciar a ejaculação sendo mulher torna o sexo mais prazeroso. “O mais importante é tirar esse mito da ejaculação feminina é uma regra durante o orgasmo. Para a grande maioria das mulheres, a ejaculação é uma coisa que não existe“, termina o profissional.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 12,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.