CLIQUE E ASSINE A PARTIR R$ 6,90/MÊS

Aprenda a superar uma traição

Apesar de incômoda, a traição precisa ser superada. Veja algumas dicas para continuar a relação ou terminar o relacionamento de maneira tranquila

Por Redação M de Mulher Atualizado em 20 jan 2020, 10h01 - Publicado em 21 mar 2011, 21h00

A Clarice, de “Insensato Coração”, fecha os olhos para as traições do marido e vive bem dessa maneira
Foto: AgNews

Descobrir uma traição, não necessariamente significa o fim da relação. “Nossa cultura nos diz que quem ama não sente tesão por outra pessoa. Isso é mentira. Um homem pode só transar com outra e amar muito a esposa”, diz a sexóloga Regina Navarro Lins, autora de A Cama na Varanda (ed. Best Seller).

Em “Insensato Coração”, Clarice (Ana Beatriz Nogueira) fecha os olhos para as traições do marido numa boa. “Essas aventuras não significam nada para o Horácio (Herson Capri). É medo do envelhecimento. Ele é um marido gentil, amoroso e dedicado”, diz a ricaça para uma amiga.

Descobrir uma traição implica tomar uma atitude? Nem sempre. Sua vida e família estão em jogo, portanto, a opinião dos outros é o que menos importa.

O que é certo?
“O traído tem de responder a duas perguntas: ‘me sinto amado?’ ‘Me sinto desejado?’. Se as respostas forem ‘sim’, o que o outro faz longe não interessa”, conclui Regina. Agora, se você concluir que seu marido ter outra é inaceitável, claro que você tem o direito de romper essa relação. Mas faça isso sem se culpar, sem abrir mão do seu amor-próprio e da vontade de investir noutra relação.

É preciso saber o que você sente de verdade, o que suporta e como consegue ser feliz. Cada caso é um caso, não existe certo e errado. Como diria o compositor Caetano Veloso: “Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é”. Então, viva de acordo com a sua verdade.

18 passos para superar a traição…

Aprenda a superar uma traição

Pense nos momentos bons e ruins que vocês viveram juntos. Se os positivos pesarem mais que os negativos, vale perdoá-lo
Foto: Dreamstime

… ficando com ele

1. Coloque na balança o que sente por ele e os bons momentos que viveram. Se o lado positivo pesar mais que o negativo, perdoe-o de verdade.

2. Tenha certeza de que ele se arrependeu. Ele disse a verdade? Dê outra chance.

3. Não tente mandar no seu companheiro. “Controlar os outros é uma ilusão”, afirma a psicóloga Regina Navarro Lins.

4. Não fique remoendo a história, querendo saber detalhes dos encontros e da vida da outra. Vire a página.

5. Ignore o julgamento e a opinião dos outros. Só você deve saber o que sente.

6. Traição nem sempre é falta de amor ou de respeito. “Falta de respeito é não saber que o outro tem direito a sua individualidade”, diz Regina.

Continua após a publicidade

7. Nada de ficar achando que ele a traiu porque você engordou – mas é bom se cuidar e se amar mais.

8. Leve as crianças para dormir na vovó e faça um programa a dois. Crie novos estímulos para a relação.

9. Perdoar não é fechar os olhos. Caso queira continuar o casamento, deixe claro que sabe o que houve, quer discutir o assunto e, mesmo assim, decidiu que a relação vale mais do que isso.

Aprenda a superar uma traição

Não sinta vergonha de ter sido traída. Muitas mulheres já passaram por isso e superaram
Foto: Dreamstime

… partindo pra outra

10. Não fique achando que ninguém presta. “Uns prestam, outros não. Fechar-se para o amor não é saudável”, diz a psicóloga Olga Tessari, autora de Dirija sua Vida sem Medo (ed. Letras Jurídicas).

11. Converse com amigos e familiares para não entrar em depressão.

12. Reflita. Pôr fim à relação só pra agradar a família é fria!

13. Continue com sua vida e seu trabalho. Veja os amigos que deixou para trás após o casamento.

14. Agora que está sozinha, aproveite bem seu tempo livre. É a chance de fazer tudo o que antes não dava… por causa dele!

15. Não sinta vergonha: você não é a primeira nem será a última mulher a ser traída nesse mundo.

16. As mulheres vivem em função da paixão. Tenha outros focos, como a carreira ou uma viagem.

17. Não se iluda com o primeiro que aparece. Carência não mata!

18. Cuidado para não dizer às crianças que o pai delas é um traidor mentiroso. Respeite o pai de seus filhos mesmo que ele não sirva mais para ser seu marido.

Continua após a publicidade

Publicidade