O time de operárias que revolucionou o futebol feminino no século XX

Elas trabalhavam nas fábricas, mas também lotavam estádios. Conheça, por meio de imagens raras, a história do time feminino Dick, Kerr's Ladies F.C.

A Copa do Mundo feminina começa nesta sexta-feira (7) e os jogos da seleção brasileira serão exibidos pela TV Globo e pela Band. Com isso, o esporte praticado por mulheres ganha cada vez mais visibilidade.

Entretanto, toda a atenção em volta do futebol feminino ainda é nova e muitas pessoas não conhecem a história das mulheres que foram pioneiras no esporte, tanto no Brasil quanto no mundo.

Um exemplo disso é o Dick, Kerr’s Ladies F.C., um time de futebol composto inteiramente por mulheres fundado em 1917. Há pouco mais de 100 anos, a equipe era tão popular quanto qualquer outra masculina e revolucionou o esporte. Ainda assim, o clube é pouco lembrado hoje em dia.

O time era formado por operárias de uma fábrica de munição em Preston, na Inglaterra, e existiu por quase 50 anos, de 1917 a 1965. Durante esse período, jogou 828 partidas, das quais sagrou-se vencedor 758 vezes. Em um jogo habitual, a equipe atraía um público de cerca de 4 mil espectadores, mas chegou a atrair mais de 25 mil pessoas em uma partida contra a França.

Pensando em dar mais visibilidade a um time cuja existência foi essencial para romper preconceitos em torno do futebol feminino, o Hulton Archive concedeu a CLAUDIA fotografias históricas feitas nos anos 20 e 30. As imagens raras documentam treinos e partidas realizadas pelo Dick, Kerr’s Ladies F.C.. Confira!

Veja também: Conheça as jornalistas da cobertura da Copa do Mundo feminina na Globo

+ Onde assistir aos jogos da Copa do Mundo de futebol feminino

Vote e escolha as vencedoras do Prêmio CLAUDIA