Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Quitar as dívidas, aprender idiomas e viajar. O que queremos para 2020?

Cuidar das finanças e da saúde está entre as prioridades da população, indica pesquisa

Por Colaborou: Gabriela Teixeira - Atualizado em 17 fev 2020, 10h48 - Publicado em 20 dez 2019, 18h44

Já é tradição: na virada do ano, tiramos um tempinho para pensar em tudo que desejamos alcançar nos meses que estão por vir e preparamos uma lista de metas. Chegar a cumpri-las efetivamente é algo que poucos conseguem, mas isso não nos impede de, ano após ano, repetir este rito de passagem.

Um levantamento feito pelo aplicativo 7waves investigou quais são as principais metas dos brasileiros para 2020. Com base nas respostas de seus 50 mil usuários ativos, a pesquisa constatou que, no ano que se aproxima, o foco estará em quitar dívidas, conseguir viajar nas férias e aprender um novo idioma. Outras metas que apareceram entre as 10 mais comuns foram guardar dinheiro, praticar mais exercícios físicos e ter uma alimentação mais saudável.

Metas para 2020
Na comparação entre 2019 e 2020, fica claro que um melhor controle financeiro ainda está entre os grandes objetivos dos brasileiros 7waves/Divulgação

Para Rodolfo Ribeiro, CEO do aplicativo, a maior concentração de objetivos na categoria de “Bens” reflete o atual cenário econômico do Brasil. “Países em que há desemprego relevante e onde as pessoas possuem um significativo índice de endividamento são mais propensos a ter objetivos que envolvem bens, principalmente quitar dívidas e guardar dinheiro”, explica.

Ele acredita que o brasileiro está mais consciente quanto à forma como consome e preocupado em limpar seu nome para ter mais poder de negociação quando pensar, por exemplo, em um financiamento. “Com as contas em dia, ele também pode planejar uma viagem para conhecer o lugar dos sonhos, ou ainda fazer um curso ou intercâmbio para aprender um segundo idioma, que no caso dos usuários 7waves, têm o inglês como prioridade”, acrescenta o executivo.

Continua após a publicidade

Com o propósito de auxiliar na conquista das metas, o aplicativo oferece um feed de dicas e conteúdos personalizados de acordo com os objetivos inseridos pelos usuários, fornecendo mais informações sobre o que se almeja conquistar. Também recomenda outras metas e sugere ações de acordo com o perfil da pessoa.

Além das projeções para 2020, o 7waves analisou o quanto o brasileiro foi procrastinador em 2019. Para criar o Mapa da Procrastinação, o app verificou quais objetivos foram mais postergados ao longo do ano. Assim como no Top 20, guardar dinheiro ficou entre os primeiros lugares. O topo, contudo, pertence à meta relacionada a subir de cargo no emprego.

Mapa da procrastinação
7waves/Divulgação

“Entendemos que todo objetivo depende do indivíduo, mas também sofre interferências externas. Em nossa interpretação, subir de cargo foi um objetivo bastante procrastinado em 2019, entre outras coisas porque as pessoas que almejam isso, geralmente não se preparam adequadamente para uma nova posição”, diz Rodolfo.

“A expectativa de cumprimento desse objetivo é, em média, de 7 meses, prazo este considerado curto se avaliarmos pela perspectiva de que sempre há necessidade de novos conhecimentos para um patamar mais elevado.” Ele acredita que o pouco crescimento da economia nacional também possa ser um fator de influência, já que empresas tendem a segurar investimentos e promoções.

Continua após a publicidade

Para quem pretende não deixar a procrastinação vencer, o executivo recomenda como primeiro passo refletir sobre o que se anseia. Em seguida, vem o planejamento. “Ter um passo a passo que permita pequenas conquistas possibilita que as ambições sejam alcançadas com mais fluidez”, aponta. E, claro, manter sempre os pés no chão.

PODCAST – Renove seu estilo com as roupas que você já tem no armário

Publicidade