“A energia precisa fluir para mantermos a abundância”

Nossa colunista Marcia de Luca explica como deve funcionar o fluxo enérgico que nos mantêm vivos.

Tenho uma nova proposta para você. Neste e nos próximos textos vou recuperar, um a um, conceitos básicos da milenar sabedoria indiana. Ao inseri-los em sua vida, você estará plantando frutos para uma colheita abundante de autoconhecimento e bem-estar.

Como já falei aqui, o ser humano usa muito pouco de seu potencial. Temos que lembrar que o poder baseado no mundo aqui fora é ilusório. A força pessoal, interna, é a que importa. Mas, para acessar esse nosso campo da pura potencialidade, é preciso desenvolver o silêncio da mente.

Leia mais: Márcia de Luca conta 7 hábitos simples da ayurveda que melhoram a qualidade de vida.

Segundo a estudiosa Shauna Shapiro, temos em média 50 mil pensamentos por dia e 92% deles são atrelados a mágoas do passado ou a inseguranças do futuro. Liberte-se antes que seja tarde – a incidência de doenças mentais está aumentando vertiginosamente.

Por isso, o primeiro conceito é: foque no presente, no aqui e no agora. Agindo dessa maneira, aos poucos aquietamos a mente e acessamos nosso campo de pura luz.

Veja também: Marcia de Luca propõe seis atitudes para combater o ego.

Segundo: medite todos os dias. Com a prática, aumentamos os intervalos silenciosos entre os pensamentos.

Terceiro: não julgue o outro. Já reparou quanta energia perdemos quando criticamos ou fofocamos? Prepare-se para abolir esse hábito e aceitar as pessoas com suas características únicas.

Quarto: vivencie a natureza. Quando foi a última vez que você abraçou uma árvore? De acordo com cientistas, o hábito gera impactos positivos em nossa saúde, diminuindo sintomas de stress, depressão e demais doenças mentais.

Leia mais: Coluna da Marcia de Luca: “Meditar é preciso”.

Como estamos no mês do Natal, vou me alongar mais no quinto conceito, a importante lei do dar e receber. Segundo os Vedas, as escrituras mais antigas do Universo, o fluxo da vida depende da interação harmoniosa entre todos os elementos que estruturam o campo da existência. Essa energia precisa fluir para mantermos a abundância circulando no Universo.

Por isso, não podemos apenas receber nem apenas dar. É a corrente que mantém nossa vida. E a intenção por trás de cada um desses atos é fundamental – o retorno será proporcional a ela. Para tanto, siga estes passos:

• Todos os dias, dê algo a alguém: um abraço, um sorriso, uma atenção, uma flor, algo de que a pessoa realmente necessite. Sempre com amor no coração, sem esperar nada em troca e, principalmente, com gratidão.

Veja também: Marcia de Luca: “Para ter sucesso, estabeleça seus objetivos de maneira concreta”.

• Todos os dias, permita-se receber. Sem falsa modéstia. Abra seu coração para o que quiserem dar a você. Aceite com felicidade e alegria. Muitas pessoas têm dificuldade, e isso trunca o fluxo espontâneo. Também receba com gratidão.

• Mantenha o dinheiro circulando. Guarde, invista, mas gaste também.

• Antes de presentear alguém com algo especial, pense com carinho no que faria bem àquela pessoa. Mais vale algo menor e simples que tenha significado a um “presente de grego”.

Leia mais: Coluna da Marcia de Luca: “Celebre o amor o tempo todo”.

Pronto! A cada dia, você perceberá o milagre desse círculo operando maravilhas.

Cara leitora, quero desejar um Feliz Natal! Que você se sinta repleta de paz, harmonia, alegria e amor. Muita gratidão por estar comigo nesta jornada do bem. O Universo agradece e dará a você um mundo de muita prosperidade, estou certa disso.

Veja também: Marcia de Luca: A “geração da cabeça baixa” precisa arranjar tempo para reflexão.