Clique e Assine CLAUDIA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Por que a barreira cutânea é importante e como cuidar dela

Entenda tudo sobre a camada que protege sua pele e sabia como cuidar direitinho dela

Por Lorraine Moreira
Atualizado em 16 jul 2024, 14h28 - Publicado em 11 jul 2024, 09h00

Você já ouviu falar na barreira cutânea? Nascemos com esse escudo natural para a pele que atua contra agentes externos, irritações e até o envelhecimento precoce. Ele é tão bom que até parece imbatível ‒ mas não é. Precisamos mantê-lo íntegro a partir de um bom skincare e de hábitos saudáveis. Vem entender tudo para não errar!

O que é a barreira cutânea?

Sucesso entre as criadoras de conteúdo e o mercado de beleza, a barreira cutânea é estudada há décadas por especialistas na dermatologia.

Ela é a camada mais exposta da pele e é composta por gorduras – principalmente ceramidas – e ácidos graxos. Tem a função de proteger a pele das agressões externas, preservando sua hidratação. Ou seja, uma pele com a barreira cutânea saudável não possui acnes ou outras doenças dermatológicas.

O que acaba com a saúde da barreira cutânea

Mas a barreira cutânea não é invencível. A saúde dela pode virar de cabeça para baixo se não houver cuidados com a pele e seus hábitos

Continua após a publicidade

Entre os fatores que a impactam estão banhos excessivos e quentes, uso exagerado de sabonete, esfregar a pele com bucha, uso inadequado de ácidos, alterações bruscas de temperatura e utilização de produtos que causam irritação à pele, segundo as médicas Renata Sitonio, especialista em tratamentos corporais em Harvard, e Fátima Tubini.

Questões genéticas também entram na conta. Se a sua família possui histórico de dermatite, é mais provável que você tenha, por exemplo.

Além disso, tabagismo, poluição, alimentação com alto índice glicêmico e rica em ultraprocessados, estresse e falta de sono são capazes de comprometer a saúde da sua pele.

“Sabemos que doenças inflamatórias podem ser causadas por hábitos alimentares e de vida. Eles podem comprometer a integridade da barreira cutânea e predispor ao aparecimento de doenças inflamatórias”, afirma.

Continua após a publicidade

Sinais de que sua barreira cutânea está comprometida

Quando sua barreira cutânea não vai bem, ela dá sinais. O mais comum entre eles é o eczema, de acordo com a médica. “Ele é caracterizado por descamação, ressecamento e vermelhidão”, esclarece. Em outros casos, também é possível observar irritação da pele como um todo, além de coceira, vermelhidão e até as famosas espinhas.

As ceramidas são importantes demais!

Se a barreira cutânea é tão incrível, parte dessa maravilha se deve às ceramidas. Elas são lipídios e mantêm a integridade, qualidade e hidratação da nossa pele. Amou? Pois entenda como isso acontece.

“As ceramidas ajudam a reter a água na pele. Sem elas, a pele perde muita água para o meio externo, o que é diferente de suar, e ocorre desidratação e inflamação da pele”, pontua Renata. 

Como ter uma barreira cutânea saudável?

Você quer uma barreira cutânea saudável e que te proteja dos males externos, certo? Todos queremos, é fato! Para isso, é preciso adotar hábitos saudáveis no dia a dia.

Continua após a publicidade

Com uma boa qualidade de sono, alimentação saudável e uma rotina de cuidados com a pele fiel, que englobe limpeza, hidratação e proteção solar, você verá uma melhora significativa na cútis.

Ao evitar o estresse e fumar também será possível colher bons resultados. Já em relação aos cuidados específicos, Fátima dá o tom: “evite banhos quentes e demorados, que podem remover o manto lipídico natural da pele, use sabonete apenas nas regiões onde há odor, como axilas, genitais e pés, e sempre hidrate a pele adequadamente após o banho”.

Renata complementa indicando não usar adstringentes e nem esfoliar a pele exageradamente. “Adicione um filtro solar na sua rotina e tenha uma dieta rica em legumes, verduras, frutas e muita água”, acrescenta, Agora é só seguir!

Envelhecimento impacta barreira cutânea
Barreira cutânea é afetada por envelhecimento da pele (Mikhail Nilov/Pexels)

Impacto do envelhecimento na barreira cutânea

Antes disso, vale ressaltar que o envelhecimento tem uma ação direta na barreira cutânea. É que, com o passar do tempo, existe uma diminuição da produção de óleos graxos essenciais no sebo da pele, o que a torna mais ressecada.

“A barreira cutânea vai ficando mais fina, possuindo menor quantidade de lipídios, dentre eles, as ceramidas, proteínas e até células”, diz Renata.

Outro fator está relacionado ao acúmulo de sol que tomamos durante a vida. “Além da própria idade, o que chamamos de envelhecimento intrínseco, a exposição ao sol acelera essas modificações.”

Continua após a publicidade

Para minimizar esses efeitos do envelhecimento, Fátima recomenda começar cedo a adotar medidas como reduzir a exposição solar, manter hábitos de vida saudáveis e hidratar bem a pele.

“É fundamental usar um hidratante específico para o seu tipo de pele nos três primeiros minutos após o banho e seguir os cuidados mencionados anteriormente”, pontua. Não esqueça da fotoproteção para não diminuir as perdas de lipídeos e proteínas!

Assine a newsletter de CLAUDIA

Receba seleções especiais de receitas, além das melhores dicas de amor & sexo. E o melhor: sem pagar nada. Inscreva-se abaixo para receber as nossas newsletters:

Acompanhe o nosso Whatsapp

Quer receber as últimas notícias, receitas e matérias incríveis de CLAUDIA direto no seu celular? É só se inscrever aqui, no nosso canal no WhatsApp

Acesse as notícias através de nosso app 

Com o aplicativo de CLAUDIA, disponível para iOS e Android, você confere as edições impressas na íntegra, e ainda ganha acesso ilimitado ao conteúdo dos apps de todos os títulos Abril, como Veja, Superinteressante e Capricho.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de 14,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.